FAB presta auxílio às vítimas do furacão no Haiti

0
1646

A Força Aérea Brasileira (FAB) está engajada na ajuda humanitária às vítimas do furacão Matthew no Haiti.

A primeira missão ocorreu na última semana. O Boeing 767-300 ER (C-767 na FAB), do Esquadrão Corsário (2°/2°GT), decolou de Brasília na sexta-feira (14), por volta das 9h30, direto para Porto Príncipe levando 20 toneladas de material de apoio logístico doados pelo Ministério da Integração Nacional.

Também foram transportadas 120 barracas. Cada uma delas possui área útil de 25 metros quadrados e com capacidade para abrigar até 10 pessoas. As tendas operacionais utilizadas pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec/MI) possuem estruturas de fácil manejo e montagem, bem como piso e cobertura de PVC além de estrutura tubular de alumínio, características que possibilitam melhor atendimento em situações de desastres naturais.

De acordo com Anderson Neves, do Ministério da Integração Nacional, as barracas foram destinadas aos desalojados e desabrigados vítimas do furacão Mathew.

A viagem ao Haiti ocorreu sem escalas e durou cerca de seis horas. “Nós saímos do Rio de Janeiro com mais de 10 toneladas de material e, a partir de Brasília, completamos com mais 10 toneladas, totalizando 20 toneladas. Para nós, não apenas pessoalmente, mas profissionalmente, é uma grande satisfação apoiar uma população que tem sofrido tanto após o furacão”, ressaltou o major-aviador Grei Santana, comandante da aeronave.

Donativos

Nesta segunda-feira, a aeronave deve decolar às 10h de Brasília para a cidade haitiana, transportando cerca de dez toneladas de donativos, incluindo alimentos, materiais de limpeza, de higiene pessoal, material escolar, roupas e outros itens de primeira necessidade, doados pelo Ministério da Defesa.

A FAB também vai levar alimentos e outros itens de primeira necessidade ao Haiti (Imagem: MD)

Os produtos foram angariados pela Rede de Solidariedade ao Haiti sob a coordenação do Ordinariado Militar do Brasil.

Em Porto Príncipe, terão o apoio da Cruz Vermelha haitiana e do Batalhão Brasileiro de Infantaria de Força e Paz (BRABAT) para executar o transporte até a Instituição Sagrado Coração de Jesus que atende mais de mil pessoas, entre adultos e crianças.

Furacão Matthew

Após a recente passagem do furacão Matthew, a Instituição Sagrado Coração tem apoiado, diariamente, pessoas vitimadas. A iniciativa de arrecadação começou em abril para ser entregue no fim do ano, entretanto, em virtude da ocorrência do furacão, o envio dos donativos pelo Ministério da Defesa foi antecipado, utilizando-se de aeronaves da FAB em voos de apoio logístico programados.

Além desse apoio, o Contingente Brasileiro (CONTBRAS) deslocou mais de 450 militares para a região do sul do Haiti, área mais devastada pelo furacão Matthew para auxílio às vítimas da catástrofe.

Atualmente, o 24º Contingente Brasileiro de Força de Paz no Haiti, integrado por 64 militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, compõem a equipe de especialistas de manutenção do BRABAT, e da Companhia Brasileira de Engenharia de Paz (BRAENGCOY).

Ivan Plavetz