FAB ministra curso para neutralização de artefatos explosivos

0
1508

O Parque de Material Bélico da Aeronáutica do Rio de Janeiro (PAMB-RJ), organismo da Força Aérea Brasileira (FAB) subordinado à Diretoria de Material Aeronáutico e Bélico (DIRMAB), iniciou, em setembro, o Curso de Neutralização e Destruição de Artefatos Explosivos (CNDAEX).

Doze militares participam das instruções que são divididas em duas etapas; teórica e prática. O objetivo do curso, que vai até o próximo dia 16 de dezembro, é capacitar militares para realizarem com segurança atividades de reconhecimento, identificação, demolição, neutralização e destruição de artefatos explosivos e pirotécnicos, além de coordenar, planejar e executar operações com explosivos, elaborando plano de contingência, cálculo de separação de segurança e análise de falhas.

Após a conclusão do curso, os militares serão capazes de abordar engenhos falhados, determinar os motivos das falhas e neutralizá-los, transformando a condição de perigosos para seguros.

Os alunos serão capazes também de atuar como observadores em uma ação real de emprego aéreo, mapeando as possíveis falhas, coletando e catalogando todos os dados para uma futura missão de descontaminação.

O CNDAEX terá duração de quatro meses (Imagem PAMB-RJ)
O CNDAEX terá duração de quatro meses (Imagem: PAMB-RJ)

Um dos alunos, o sargento Guilherme Paiva, ressaltou a importância do curso na carreira; “O conhecimento adquirido será de grande valia para o meu trabalho no Esquadrão de Material Bélico da Base Aérea de Natal, pois a unidade possui estande de aviação de Maxaranguape, onde o emprego armado é intenso. Por meio desse conhecimento vou realizar com mais segurança atividades de inspeção e manuseio de itens bélicos”, afirmou.

Ivan Plavetz