Eurosatory 2016: General Robotics e os novos robôs táticos

A israelense General Robotics Ltd, empresa especializada no desenvolvimento, manufatura e marketing de avançados sistemas robóticos destinados para defesa e segurança, exibirá pela primeira vez, durante a Eurosatory 2016, evento que acontecerá em Paris entre os dias 13 e 17 de junho, o sistema DOGO, um robô tático leve móvel de combate capaz de carregar armas leves.

A companhia irá também lançar o Pitbul, uma estação de armas ultraleve com acurados sensores para detecção e contramedidas anti armas de fogo.

Pesando apenas 12 Kg, DOGO foi projetado para Forças Especiais, equipes SWAT e missões de infantaria, podendo deslocar-se em terrenos de relevo acidentado e subir escadas. Armas leves podem ser rapidamente adaptadas ao DOGO e facilmente operadas (Point & Shoot-Pontaria & Disparo).

DOGO pode também ser integrado por módulos não letais. O robô possui oito câmeras de vídeo que permitem um campo visual de 360 graus e é equipado com meios para se comunicar em situações onde há reféns.

Imagem 2 GeneralRobotics-Dogo-Pitbull................
DOGO em ação contra inimigo oculto armado. (Imagem: General Robotics)

Pitbull, uma plataforma ultraleve que pesa 50 Kg, possui um conjunto de sensores único capaz de detectar com precisão fogo hostil e responder em poucos segundos. Está dotado de sistema de radar miniaturizado para detecção de alvos em condições ambientais difíceis como nebulosidade e chuva.

Esses dois sistemas juntos permite detecção rápida e precisa de onde parte o fogo hostil, bem como revide automático. O Pitbull é facilmente instalado em todos os tipos de veículos ou posições estáticas, havendo possibilidades de integração com sensores existentes.

De acordo com Ehud Gal, CEO da General Robotics, as soluções desenvolvidas pela companhia tiveram como foco uma melhoria de capacidade de proteção e habilidade de fornecer consciência situacional em tempo real além de pronta resposta.

Imagem 3 GeneralRobotics-Dogo-Pitbull................
Pitbull possui um conjunto de sensores único capaz de detectar com precisão fogo hostil e responder em poucos segundos. (Imagem: General Robotics)

Tanto o DOGO quanto o Pitbull são bastante leves, o que facilita rápidos desdobramentos para um variado tipo de sítios operacionais e instalação, respectivamente. Conforme Gal, interesse por essas soluções já foram manifestadas por potenciais clientes de varias partes do mundo.

Ivan Plavetz

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A AVIBRAS Indústria Aeroespacial S/A, que em tempos passados foi considerada uma das maiores empresas  de defesa do mundo, mas...

Empresas brasileiras destacam inovações e capacidades no cenário internacional A Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança...

Para celebrar os feitos dos mais de 25 mil homens e mulheres brasileiros que lutaram na 2ª Guerra Mundial, o...

Desde 1º de janeiro de 2023, o dr. Artur José Dian ocupa o cargo de Delegado-Geral da Polícia Civil do...

Comentários

DISPONÍVEL