Entregue primeiros mísseis ASRAAM para testes com F-35

O ASRAAM da MBDA será o primeiro míssil britânico integrado no F-35.

O consórcio europeu MBDA iniciou entregas de uma quantidade de misseis ar-ar ASRAAM (Advanced Short Range Air-to-Air Missiles) para futura integração no domínio de misseis orientados por infra-vermelho dos aviões de combate de 5ª geração F-35B do Reino Unido.

Os primeiros mísseis do modelo foram entregues para os Estados Unidos no último mês de janeiro com a participação da BAE Systems, a qual lidera o programa de integração de armas nos F-35 do Reino Unido. O ASRAAM será o primeiro míssil produzido no Reino Unido destinado a armar o F-35 e sua integração dentro da fase do programa Sistema de Desenvolvimento e Demonstração (SDD conforme sigla em inglês) proporcionará aos F-35 da Real Força Aérea do Reino Unido (RAF) e Marinha do Real do Reino Unido (Royal Navy), uma arma ar-ar passiva de curto alcance altamente capaz.

O ministro da Defesa do Reino Unido, Philip Dunne, disse que o trabalho de integração do ASRAAM da MBDA que está para ser feito proporcionará aos pilotos de F-35 da RAF e Royal Navy uma arma no estado-da-arte. Ele ressaltou a integração do novo míssil, o que demonstra também o sucesso da contribuição da indústria de defesa do Reino Unido para o programa do F-35.

Em termos de valores financeiros, 15 % do montante destinado ao F-35 foi investido na indústria britânica dedicada, assegurando milhares de empregos no país, lembrou Dunne.

De acordo com a MBDA, esses mísseis de testes serão usados ao longo de 2016 em uma serie de ensaios e disparos em voo, etapa chave a ser cumprida antes de alcançar a Capacidade Operacional Inicial (IOC) do F-35 no Reino Unido.

As provas incluirão coleta de dados ambientais, separação segura do míssil da aeronave, integração do míssil com os sistemas embarcados, e mais tarde, disparos do míssil envolvendo engajamento de alvos. Essas atividades serão desenvolvidas nos Estados Unidos na Estação Naval de Patuxent River e Base Aérea de Edwards, pertencentes à Marinha e Força Aérea dos Estados Unidos, respectivamente.

Ivan Plavetz

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) planeja testar uma das mais avançadas tecnologias de imageamento por satélite. Isso será...

A IACIT fortaleceu sua posição no mercado ao estabelecer uma colaboração estratégica com a Omnisys Engenharia, subsidiária da Thales, e a Meteomatics,...

A MBDA assinou uma emenda contratual com a Organização para Cooperação Conjunta em Armamento (OCCAR) para aumentar as capacidades técnicas...

A equipe de Tecnologia & Defesa esteve a bordo do super navio-aeródromo USS George Washington (CVN 73), um navio de...

Comentários

DISPONÍVEL