Embraer estabelecerá centro de treinamento de aviação em Joanesburgo

A Embraer anunciou um novo centro de treinamento no Aeroporto Internacional O.R. Tambo, em Joanesburgo, na África do Sul.

O Embraer Training Center abrirá no primeiro semestre de 2018 e será o primeiro do tipo na África a fornecer uma variedade de treinamentos em apenas um local, para pilotos qualificados, técnicos de manutenção e tripulações.

O Embraer Training Center será equipado com um simulador voo completo para os E-Jets, quatro simuladores de sistema de gerenciamento de voo, treinamento de portas, inclusive sobre as asas, oferecendo treinamento de pilotos teórico, cursos de engenharia, e familiarização com os E-Jets para equipes de comissários de bordo.

Quando estiver em operação integral, o centro será capaz de treinar aproximadamente dois mil profissionais do setor aeroespacial por ano.

Tripulações e técnicos de engenharia de clientes da Embraer como a Airlink, que apoiará o centro e será o cliente-lançador, serão treinados na nova instalação.

O treinamento de novos profissionais de aviação para enfrentar a escassez crítica de habilidades percebidas no ambiente de aviação da região será um catalisador chave na expansão do enorme potencial do setor aeroespacial em desenvolvimento no continente.

A Embraer anunciou um novo centro de treinamento no Aeroporto Internacional O.R. Tambo, em Joanesburgo, na África do Sul.

“Nosso investimento neste centro de treinamento ressalta a importância do continente africano para a Embraer e nosso compromisso de executar o potencial para incrementar a conectividade no continente”, disse Johann Bordais, Presidente e CEO da Embraer Serviços & Suporte. “Atualmente, a participação da África no tráfego aéreo global é menor que 3%. A IATA prevê que em 2034 o tráfego aéreo na África crescerá em uma média anual de 4,7%, atingindo um total de 294 milhões de passageiros. Sete dos dez mercados de passageiros que mais crescerão nos próximos 20 anos estarão no continente africano.

Rodger Foster, CEO da Airlink, disse que “no futuro, a abertura deste centro de treinamento será visto como um dos momentos decisivos no desenvolvimento da indústria de aviação em nosso continente. Desenvolvimento de habilidades e treinamentos são fatores essenciais para desenvolver o enorme potencial do mercado africano – trazendo o crescimento econômico significativo e a conectividade que nossa população merece. A Airlink está orgulhosa em estar ao lado da Embraer neste empreendimento.”

O Embraer Training Center em Joanesburgo junta-se às instalações da Embraer em São José dos Campos (Brasil), Nashville (Estados Unidos) e à OGMA, próximo a Lisboa (Portugal). A Embraer atua também em parceria com outros fornecedores de treinamento ao redor do mundo.

As aeronaves da Embraer estão em operação na África desde 1978, quando o primeiro turboélice Bandeirante chegou no continente.

Atualmente, há mais de 150 aeronaves da companhia em operação com 43 companhias aéreas em 22 países africanos, desempenhando um papel vital em termos de conectividade.

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A equipe de Tecnologia & Defesa esteve a bordo do super navio-aeródromo USS George Washington (CVN 73), um navio de...

De acordo com o Portal da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP), o governador do Estado, Jerônimo Rodrigues, autorizou...

O Grupo EDGE e a Fincantieri assinaram hoje, dia 20 de maio, um acordo que formaliza o lançamento da MAESTRAL,...

No ultimo sábado, dia 18 de maio, às 16h29 local, um caça Lockheed Martin F-35C Lightning II da US Navy...

Comentários

DISPONÍVEL