Dassault Rafale: França e Índia definem acordo

Imagem 1 Rafale-India
(Imagem: Armée de L’Air)

A Índia completou todas as negociações e formalidades para a aquisição de 36 aviões de combate Rafale da Dassault Aviation, bem como entregou toda a documentação relativa para o governo da França, segundo fontes oficiais.

O Acordo Inter Governamental (IGA conforme sigla em inglês), pelo qual os aviões serão adquiridos, poderá ser firmado em Nova Delhi durante a visita do presidente francês, François Hollande, à Índia, marcada para o próximo dia 25 de janeiro. Hollande será o chefe-de-estado convidado de honra para assistir a parada militar alusiva ao Dia da República no próximo dia 26.

O valor do negócio está estimado em US$ 9 bilhões. Os Rafales serão entregues para a Força Aérea da Índia (IAF de acordo com sigla em inglês) em condições de voo. No âmbito do negócio, a Dassault e seus parceiros Safran e Thales, responsáveis pelos motores e sistemas eletrônicos, respectivamente, manterão alguns vínculos tecnológicos com a local DRDO (Defence Research and Development Organisation) e com empresas privadas da Índia, bem como com a estatal Hindustan Aircraft Limited (HAL), para o cumprimento de compromissos de offset.

Imagem 2 Rafale-India
A Índia vai tornar-se o terceiro cliente de exportação do Rafale. (Imagem: Armée de L’Air)

Mais detalhes ainda não foram divulgados, entretanto, sabe-se que a expectativa de vida operacional dos Rafales na IAF será de 30 a 40 anos, sendo que para atender esse requisito uma quantidade de informações e tecnologias de upgrade será necessária para mantê-los operacionais.

Vale lembrar que, nos anos de 1980 através de um acordo semelhante de governo a governo, a Índia comprou da França aviões de combate Mirage 2000. A partir de 1985 o país asiático recebeu mais de 60 caças do modelo, sendo que 10 deles fizeram parte de uma segunda encomenda.

Ivan Plavetz

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW) publicou, na última sexta-feira, dia 19 de abril, um pedido de cotação...

O crescimento da Base Industrial de Defesa e Segurança Pública (BIDS) torna esse setor ainda mais estratégico e relevante para...

Em comemoração a semana do Exército, o Comando Militar do Sudeste (CMSE) está organizando uma série de eventos na Capital Paulista,...

O Ministério da Defesa (MinDef), por meio da Secretaria de Produtos de Defesa (SeProD), acompanhou, entre os dias 15 a...

Comentários

DISPONÍVEL