CIGS realiza o Estágio Internacional de Operações na Selva

0
5031

O Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS), sediado em Manaus (AM), está realizando o Estágio Internacional de Operações na Selva (EIOS) para militares de quinze países. Serão quatro semanas, entre os dias 12 de setembro e 14 de outubro, com instruções divididas em três fases: Vida na Selva, Técnicas Especiais e Operações. Todas as instruções são ministradas em inglês.

Os países que participam do Estágio são: Canadá, Estados Unidos da América, China, Japão, Bolívia, Polônia, Espanha, Alemanha, Reino Unido, Índia, Sri Lanka, Nigéria, Guiana, Vietnã e Portugal.

O EIOS conta com participação de militares de 15 países (Imagem Exército Brasileiro/CIGS)
O EIOS conta com participação de militares de 15 países (Imagem: Exército Brasileiro/CIGS)

EIOS: Técnicas de Vida na Selva

A primeira semana foi dedicada à mobilização e ambientação. Os estagiários foram recebidos no Centro, prepararam os equipamentos e cumpriram os protocolos de segurança do CIGS, realizando testes físicos, medição antropométrica, teste psicológico e inspeção de saúde.

Depois foram transmitidas informações necessárias sobre o Estágio e realizada uma aclimatação.

Após o cerimonial que marcou o início das atividades, os estagiários foram para a Base de Instrução Nº 02 (Base Plácido de Castro), onde tiveram instruções sobre obtenção de água e fogo, pernoite isolado, capturas de ofídios, abrigos improvisados, alimentos vegetais e animais, caça, orientação utilizando bússolas no interior da floresta e sobrevivência.

Obtenção de alimentos e água na selva também fazem parte do EIOS (Imagem Exército Brasileiro/CIGS)
Obtenção de alimentos (acima)e água na selva (abaixo) também fazem parte do EIOS (Imagem: Exército Brasileiro/CIGS)

Na próxima semana ocorrerá a fase de técnicas especiais, em que os estagiários receberão instruções de natação, módulos de tiro, técnicas aeromóveis, lutas, infiltrações aquáticas, entre outras atividades.

Captura de ofídios (Imagem CIGS)
Captura de ofídios (Imagem: Exercito Brasileiro/CIGS)

 

Ivan Plavetz