C295W conclui turnê latino-americana

0
1648
Imagem 2 C295W-L.A.Tour
Os três C295 encomendados para a Força Aérea Brasileira deverão vir com winglets. (Imagem: Airbus Defence & Space)

Um avião militar de transporte C295W fabricado pela Airbus Defence & Space e pertencente à Marinha do México completou, na última sexta-feira (11), a turnê de demonstração para países da América Latina. Iniciada há um mês, a viagem contou com a participação de uma tripulação mista integrada por militares da Marinha do México e profissionais da fabricante.

Visitou Bolívia, Chile, Argentina, Paraguai, Panamá e México. A aeronave percorreu cerca de 46.000 Km e totalizou mais de 100 horas de voo sob condições meteorológicas que variaram entre frio extremo do sul da Argentina e elevadas temperaturas e altitudes de La Paz.

A versão W do C295 é equipada com winglets, refinamento aerodinâmico que permitiu aumentar carga útil e alcance máximo da aeronave, bem como redução do consumo de combustível ao redor de 4%, segundo informou a fabricante.

Christophe Roux, diretor da Airbus D&S para o mercado latino-americano, disse que a turnê demonstrou mais uma vez a confiabilidade e versatilidade da aeronave, qualidades já reconhecidas pelos operadores da região ao longo dos últimos anos.

Imagem 3 C295W-L.A.Tour
O C295W demonstrou ótimas performances durante a turnê. (Imagem: Airbus Defence & Space)

Segundo a Airbus Defence & Space, a companhia já vendeu cerca de 150 aviões militares de transporte para 13 países da América Latina. Figuram na lista: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México, Panamá, Paraguai, Republica Dominicana, Suriname, Uruguai e Venezuela. O México lidera como maior operador de C295 do continente, contando com uma frota de 24 unidades incluindo a versão W. Colômbia e Brasil ocupam a segunda e terceira posição nessa lista com 18 e 12 aviões do modelo, respectivamente.

O Chile foi o primeiro país sul-americano a encomendar aviões de transporte da então CASA (empresa incorporada ao Grupo Airbus), adquirindo em 1978 aeronaves da família C212 Aviocar. Atualmente possui 12 aeronaves da marca Airbus D&S.

Ivan Plavetz