Base Naval de Aratu conclui reparo no Navio Patrulha Grajaú

0
2776
Grajaú no SELENA (Imagem: Marinha do Brasil)

O navio patrulha (NPa) Grajaú (P40), subordinado ao Comando do 3º Distrito Naval, ficou docado no Sistema de Elevação de Navios (SELENA), na Base Naval de Aratu (BNA), no período de 4 de maio a 11 de julho.

Durante esse período foram realizados diversos serviços no navio, como a substituição de chapas das obras vivas, inspeção na linha de eixos e leme e a revisão das válvulas de fundo.

O Navio-Patrulha Grajaú foi construído no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro, fruto de importante programa de construção de meios com o maior grau possível de nacionalização. Sua construção foi iniciada em setembro de 1990 e sua incorporação à Marinha do Brasil ocorreu em 1º de dezembro de 1993.

É o primeiro de uma classe de doze navios. O projeto foi concebido com o propósito de dotar a Marinha de meios mais apropriados para tarefas de patrulha costeira nas Águas Jurisdicionais Brasileiras (AJB), controle de área marítima, fiscalização dos recursos e das atividades de pesquisa no Mar Territorial, Zona Contígua e na Zona Econômica Exclusiva, além do Controle e Segurança das Plataformas de Petróleo no mar.

Vale recordar que o Navio-Patrulha Grajau foi um dos meios utilizados nas buscas dos destroços do Airbus A-330 da Air France que fazia o vôo AF 447 em junho de 2009.

Ivan Plavetz