Armadillo TA-2, nasce um novo conceito de armas Made in Brasil

Por Paulo Roberto Bastos Jr e Roberto Caiafa

A Mac Jee foi criada em 2007 com o intuito de distribuir componentes militares importados para o mercado nacional e sul-americano.

No ano seguinte a sua criação, começou a desenvolver produtos para o mercado espacial e militar, como projetos especiais de cablagens, desenvolvimento de sistemas eletrônicos de alta complexidade e manutenção e modernização de sistemas de armamentos e radares.

O Armadillo TA-2 na proposta para o Exército Brasileiro, montado na plataforma Iveco LMV.

Esse portfólio variado surpreendeu os observadores e especialistas durante a LAAD Defence & Security 2017, a maior e mais importante feira de defesa e segurança da América Latina. Naquela ocasião, a Mac Jee também apresentou um lançador de foguetes de saturação denominado Armadillo TA-2.

Trata-se de um sistema leve, compacto e totalmente automatizado, projetado para ser operado em veículos blindados leves 4×4 de forma totalmente discreta. O sistema fica embutido dentro do veículo até o momento do lançamento.

No início do próximo ano deverão ocorrer as primeiras campanhas de tiro (testes de tiro de conformidade) e, após isso, o sistema com seu lançador deverá ser instalado em dois veículos diferentes, um blindado 4×4 Iveco LMV, visando atender ao Exército Brasileiro, e sua contraparte norte-americana, o AM General HMMWV, este destinado a exportações.

A empresa investe com seriedade nesse programa, pois além do mockup apresentado na LAAD 2017, e uma extensa apresentação, com vídeos e maquetes, durante a Amazon Log 2017, a Mac Jee já confirmou sua participação na feira europeia MILIPOL 217, que acontecerá em Paris em novembro próximo.

O surgimento desse novo conceito promete arrebanhar importantes mercados como o Oriente Médio e África. Novas versões em estudo estão em fase avançada de concepção, como por exemplo, a utilização de mísseis antiaéreos MANPADS, convertendo o Armadillo em uma bateria móvel SHORAD, ou a versão desse sistema empregando mísseis anticarro (ATGM), todos utilizando o mesmo conceito.

Tecnologia & Defesa acompanha a gênese desse novo produto, e estará na campanha de tiros em 2018 apresentando a seus leitores todas as fases do desenvolvimento.

Entendo o conceito Armadillo TA2

Sistemas de saturação de área com foguetes fazem parte de grupos de artilharia dedicados e demandam grande apoio logístico. São considerados extremamente eficientes como arma ofensiva e oferecem enorme potencial de dissuasão, no entanto, exigem complexos planejamentos para seu emprego, geralmente mobiliados em grandes unidades militares, como Divisões, e tem um custo de aquisição e manutenção superlativo.

A proposta do Armadillo TA-2 empregando o Humvee: exportações.

Já a proposta da Mac Jee foi apresentar um sistema bem mais simples, mas compacto, e que pudesse atender a demanda de unidades menores, como batalhões, proporcionando um grande aumento do poder de fogo dessas unidades, atuando como um complemento as unidades de morteiros pesados.

O sistema Armadillo TA-2, é basicamente um lançador de foguetes, operado por apenas um homem, mais o motorista da viatura, com três módulos em sua plataforma de lançamento, pronta para o disparo, cada um contendo 16 foguetes de 70 mm, totalizando 48 unidades por salva de tiro, com mais outros três módulos prontos para a recarga, que pode ser feita de forma totalmente automática, sem expor seus ocupantes, diminuindo sua equipe de operação e colocando-se rapidamente em condições de disparar uma nova salva.

 

Tecnologia & Defesa entrevista Simon Jannot, CEO da Mac Jee

Outra grande inovação desse sistema é o teto móvel que permite a discrição operativa do sistema. Quando não está em operação, os lançadores ficam recolhidos em um compartimento selado, garantindo a proteção do mecanismo de lançamento e do compartimento de recarga.

Isso melhora a estabilidade do veículo em deslocamento, face ao seu baixo centro de gravidade, além de aumentar sua discrição, sendo uma tarefa difícil a inteligência inimiga determinar quais blindados na frota estão equipados com o Armadillo TA-2, aumentando assim sua flexibilidade e segurança de emprego

O sistema tem como característica rusticidade, atuando em todas as condições meteorológicas, incluindo chuva forte, tempestade de areia, calor extremo e frio glacial.

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

Durante a Eurosatory 2024, que esta ocorrendo no Centro de exposições Paris-Nord Villepinte, localizado nos arredores de Paris, a empresa...

Variante com uma nova torre é  apresentada na feira de Paris A BAE Systems está apresentando o CV90MkIV com uma...

Na quarta-feira (12), o mercado de defesa se agitou com a notícia divulgada pelo portal britânico Janes de que o...

A AVIBRAS Indústria Aeroespacial S/A, que em tempos passados foi considerada uma das maiores empresas  de defesa do mundo, mas...

Comentários

DISPONÍVEL