Argentina pensa na reconstrução das Forças Armadas

0
2896

O governo de Mauricio Macri, no poder há quase um ano na Argentina, planeja investir US$ 1 bilhão nas Forças Armadas do país a partir do próximo ano para recuperar capacidades perdidas ao longo das últimas décadas.

Especificamente o Ministério da Defesa e a administração concordaram em investir o dinheiro para compras de equipamento de defesa entre 2017 e 2019. As requisições de equipamentos feitas pelos comandos das Forças Armadas da Argentina correspondem a US$ 2,7 bilhões, sendo que US$ 1 billhão já foi autorizado.

Muitos programas de modernização estão em estudo, e o governo planeja começar logo a adjudicação de contratos.

Airbus D&S C295 (Imagem Airbus Defence & Space)
Airbus D&S C295 (Imagem: Airbus Defence & Space)

No âmbito da Força Aérea Argentina (FAA), o Ministério da Defesa da Argentina anunciou que compraria inicialmente 12 turboélices de treinamento e ataque leve Beechcraft T-6C+ Texan II para substituir unidades do Embraer Tucano em serviço na FAA, negócio avaliado em US$ 190 milhões, bem como dois aviões de transporte C295 da Airbus Defence & Space para substituir aeronaves Fokker F27, que serão retiradas de operação ainda neste mês.

 

Santiago Rivas
Fonte: Jane’s Defence Weekly