Airbus D&S encomenda Full Flight Simulator do A330 MRTT

A Airbus Defence & Space firmou encomenda para desenvolvimento e fornecimento de um Full Flight Simulator (FFS) com objetivo de prover suporte de treinamento para tripulações dos aviões reabastecedoras e de transporte estratégico A330 MRTT (Multi Role Tanker Transport).

O contrato foi assinado com a espanhola Indra e cobre a instalação de um equipamento Nivel D no Centro Internacional de Treinamento localizado em Sevilha, Espanha, além da certificação com vistas para a qualificação de pilotos de A330 MRTT com “zero horas” de voo na aeronave real.

Além disso, o novo FFS que entrará em serviço no segundo trimestre de 2018 vai permitir treinar pilotos em operações de reabastecimento tipo hose-and-drogue e em ações de recepção de combustível de outras aeronaves reabastecedoras.

De acordo com a Airbus D&S, a decisão de investir nessa capacidade é decorrente da necessidade de oferecer um robusto programa de treinamento para o modelo, bem como em função do rápido crescimento da frota mundial de A330 MRTT. Uma frota de 27 A330 MRTT está em serviço em quatro países (Austrália, Reino Unido, Emirados Árabes Unidos e Arábia Saudita) e mais 22 aeronaves encomendadas pela França (9), Cingapura (6), República da Coréia (4), Austrália (mais 2) e Reino Unido (um ainda não entregue de 14 encomendados).

Stephan Miegel, diretor de Serviços de Aeronaves Militares da Airbus D&S, disse que o investimento vai melhorar  a qualidade do treinamento que a companhia oferece, redução de custos e oferta de um suporte mais completo para o produto. A introdução do FFS vai oferecer também uma importante redução de horas de voo requeridas para que as tripulações  pratiquem o reabastecimento ar-ar.

O A330MRTT foi encomendado por sete países. (Imagem: Airbus Defence & Space)
O A330MRTT foi encomendado por sete países. (Imagem: Airbus Defence & Space)

Conforme Miegel, adicionalmente, a Airbus D&S está examinando um caminho efetivo para integrar o novo FFS com o Part-Task Trainer (PTT) que vai permitir treinar tripulações completas em operações de reabastecimento ar-ar com o emprego do sistema tail boom, além do hose-and-drogue.

Aquisição do novo FFS significa que, pela primeira vez, a Airbus D&S terá simuladores para toda a sua gama de aviões de transporte: CN235, C295, A330 MRTT e A400M.

Ivan Plavetz

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

No dia 19 de junho, o Centro de Avaliações do Exército (CAEx) concluiu a avaliação operacional do lote-piloto do Míssil...

Diretor de Operações da PRF e Coordenador do CORE-RS apresentarão suas experiências no atendimento à calamidade gaúcha em evento aberto...

A participação da MBDA na Eurosatory reforçou o comprometimento e a eficiência do grupo europeu em oferecer soluções de defesa...

A Condor Tecnologias Não Letais anunciou detalhes dos integrantes do Conselho de Administração, após a recente aquisição de uma participação...

Comentários

DISPONÍVEL