Airbus completa a integração do satélite Cheops.

A Airbus completou a integração do Cheops (Satélite de Caracterização de Exoplanetas – CHaracterising ExOPlanet Satellite), o primeiro satélite de missões curtas da Agência Espacial Europeia (ESA) que visa identificar as propriedades de planetas orbitando estrelas próximas.

O Cheops vai estudar esses planetas usando o telescópio Ricthey-Chrétien, fornecido pela Universidade de Bern, na Suíça.

No mês passado, foi integrado a uma plataforma já concluída, na fábrica da Airbus em Madri-Barajas.

Após a integração bem-sucedida, a espaçonave será enviada, no dia 9 de julho, à França, à Suíça e à Holanda para uma série de testes funcionais e ambientais para garantir que a espaçonave esteja pronta para o lançamento.

Depois disso, o satélite retornará a Madri para verificações finais antes de ser enviado para Kourou, na Guiana Francesa, para o lançamento.

O projeto do satélite, uma parceria entre a ESA e a Suíça, está caminhando conforme o planejado e deverá ser lançado até o final do ano, em um foguete Soyuz de Kourou.

A missão do Cheops vai analisar, por pelo menos três anos e meio, o trânsito de exoplanetas conforme eles passam na frente de suas estrelas.

Ele irá operar de uma órbita heliossíncrona, em uma altitude entre 650 e 800 km.

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

Durante a Eurosatory 2024, que esta ocorrendo no Centro de exposições Paris-Nord Villepinte, localizado nos arredores de Paris, a empresa...

Variante com uma nova torre é  apresentada na feira de Paris A BAE Systems está apresentando o CV90MkIV com uma...

Na quarta-feira (12), o mercado de defesa se agitou com a notícia divulgada pelo portal britânico Janes de que o...

A AVIBRAS Indústria Aeroespacial S/A, que em tempos passados foi considerada uma das maiores empresas  de defesa do mundo, mas...

Comentários

DISPONÍVEL