A defesa antiaérea no Estádio Nacional

0
3400

No contexto dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, na cidade de Brasília (DF), a Defesa Aérea está contando com a atuação do 11° Grupo de Artilharia Antiaérea (11º GAAAe), unidade do Exército Brasileiro (EB), sediada no Parque Nacional de Brasília.

Cumprindo missão de segurança antiaérea do estádio, a operação conta com militares qualificados e armamentos modernos, tais como quatro Unidades de Tiro do míssil IGLA-S, três Unidades de Tiro Gepard 1A2, dois Centros de Operações Antiaéreas Eletrônicos, e dois Radares SABER M60, que possuem um alcance de 60 Km.

Radar SABER M 60 (Imagem: Exército Brasileiro)

O 11º GAAAe implantou postos de vigilância em locais estratégicos visando cooperar no alerta sobre drones não autorizados nas proximidades do estádio garantindo, assim, ampla segurança durante os jogos.

Ivan Plavetz