ÁREA DO CLIENTE

A defesa antiaérea no Estádio Nacional

No contexto dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, na cidade de Brasília (DF), a Defesa Aérea está contando com a atuação do 11° Grupo de Artilharia Antiaérea (11º GAAAe), unidade do Exército Brasileiro (EB), sediada no Parque Nacional de Brasília.

Cumprindo missão de segurança antiaérea do estádio, a operação conta com militares qualificados e armamentos modernos, tais como quatro Unidades de Tiro do míssil IGLA-S, três Unidades de Tiro Gepard 1A2, dois Centros de Operações Antiaéreas Eletrônicos, e dois Radares SABER M60, que possuem um alcance de 60 Km.

Radar SABER M 60 (Imagem: Exército Brasileiro)

O 11º GAAAe implantou postos de vigilância em locais estratégicos visando cooperar no alerta sobre drones não autorizados nas proximidades do estádio garantindo, assim, ampla segurança durante os jogos.

Ivan Plavetz

COMPARTILHE