24° reunião da Comissão Mista da Indústria de Defesa (CMID)

Brasília, 10/05/2018 – A 24° reunião da Comissão Mista da Indústria de Defesa (CMID) aconteceu nesta quinta-feira (19), no Ministério da Defesa.

Na ocasião, representantes dos ministérios da Defesa (MD), de Relações Exteriores (MRE), da Fazenda (MF), da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP), da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação (MCTIC) e representantes das Forças Armadas debateram questões relacionadas à Indústria de Defesa.

O evento foi coordenado pelo chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), almirante Ademir Sobrinho.

A CMID é o fórum do mais alto nível da condução da política da Base Industrial da Defesa (BID) e busca promover a integração entre MD, órgãos e entidades públicas e privadas relacionados à BID. Na ocasião, foram classificados 10 novos produtos como Produto Estratégico de Defesa (PED) e 1 como Produto de Defesa (PRODE).

esta imagem não possui descrição

O Secretário Executivo da CMID, brigadeiro Paulo Roberto de Barros Chã, apresentou a nova métrica para a classificação da PED, que vai acompanhar os ciclos de vida dos produtos, além de servir de dados para o Sistema De Cadastro De Produtos e Empresas de Defesa (SisCaPED) gerencial. “A intenção de fazer essas métricas é categorizar os produtos estratégicos de defesa, uniformizar esta categorização”, pontuou o brigadeiro.

Os representantes abordaram as classificações de PRODE e PED e credenciamentos de Empresas de Defesa (ED) e Empresas Estratégicas de Defesa (EED), bem como propostas de desclassificação da PED e Descredenciamentos de EED.

esta imagem não possui descrição

Durante o evento, o secretário de Produtos de Defesa do Ministério da Defesa, Flávio Augusto Corrêa Basilio, enfatizou a importância do cadastramento de EDs, que visa a operacionalização do RETID e desoneração das aquisições pelas Forças Armadas.

Além disso, foi apresentada a situação atual das políticas de Indústria como a Política Nacional da Indústria de Defesa (PNID), Política de Compensação Tecnológica, Industrial e Comercial de Defesa (PComTIC), Política Nacional de Exportação e Importação de Produtos de Defesa (PNEI-PRODE) e do Regime Especial Tributário   para   a   Indústria de Defesa (RETID).

Atualmente, 84 empresas são credenciadas como Empresa Estratégica de Defesa (EED),  18 como Empresa de Defesa (ED).

Em relação aos produtos, 409 são classificados como Produto Estratégico de Defesa (PED) e 62 como Produto de Defesa (PRODE).

Por Mariana Areias
Fotos: Alexandre Manfrim/MD

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A AVIBRAS Indústria Aeroespacial S/A, que em tempos passados foi considerada uma das maiores empresas  de defesa do mundo, mas...

Empresas brasileiras destacam inovações e capacidades no cenário internacional A Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança...

Para celebrar os feitos dos mais de 25 mil homens e mulheres brasileiros que lutaram na 2ª Guerra Mundial, o...

Desde 1º de janeiro de 2023, o dr. Artur José Dian ocupa o cargo de Delegado-Geral da Polícia Civil do...

Comentários

DISPONÍVEL