12º BI realiza Estágio Básico de Técnicas de Montanhismo para militares da PMMG e FAB

O 12º Batalhão de Infantaria, sediado em Belo Horizonte (MG), realizou o Estágio Básico de Técnicas de Montanhismo para Cadetes da Academia da Polícia Militar de Minas Gerais e Militares da Academia da Força Aérea.

O 12° Batalhão de Infantaria (12° BI), sediado em Belo Horizonte-MG, e subordinado à 4ª Região Militar (4ª RM), entre os dias 22 de janeiro e 2 de fevereiro, realizou o Estágio Básico de Técnicas de Montanhismo (EBTM), turnos 18/1 e 18/2, parte na Pista de Treinamento de Montanhismo (PTM) dentro do Batalhão e parte no Campo de Instrução de Montanhismo Militar (CIMM) da Unidade, localizado na Serra da Piedade, em Caeté-MG.

O EBTM é uma variação do tradicional Estágio Básico do Combatente de Montanha (EBCM).

Enquanto o EBCM se destina a formar militares em técnicas de montanhismo e de combate em Ambiente Operacional de Montanha, o EBTM visa especializar não-combatentes, particularmente os integrantes dos Órgãos de Segurança Pública (OSP), em técnicas de escalada, procedimento em altura, orientação e resgate em terreno de baixa e média montanha, bem como a ultrapassar obstáculos verticais e horizontais em vias equipadas por especialistas (Guia de Montanha e/ou Guia de Cordada).

O treinamento atendeu a uma demanda do Comando da Polícia Militar de Minas Gerais, estado com vasta área de serras e montanhas, em especializar seus cadetes em atividades úteis ao policiamento em ambiente rural.

Para tal, foram ministradas instruções de orientação, adaptação ao ambiente operacional, resgate e primeiros socorros, nós e amarrações, técnicas de escalada até o grau L-3, técnicas de desescalada e, por fim, uma marcha em ambiente de montanha de 14 quilômetros.

Além disso, os estagiários enfrentaram o frio e a chuva, a mais de 1700 metros de altitude, demonstrando coragem, resistência e rusticidade.

Participaram do EBTM, sob as mesmas condições, estagiários dos segmentos feminino e masculino.

Sagraram-se destaques, respectivamente do 18/1 e 18/2, a Cadete PMMG Débora Patrícia Mafra, evidenciado o avanço da mulher nas atividades militares, e o Cadete PMMG Matheus Guilherme de Oliveira Lima, por terem obtido o maior grau dentre todos os instruendos em cada um dos turnos, recebendo cada um deles das mãos do Comandante do 12 de Ouro, uma placa meritória de distinção e um brinde ofertado pelo Batalhão.

Primeiro civil não vinculado a um OSP a realizar o EBTM, o senhor Leonardo Machado de Azevedo Vilela, montanhista amador, também foi lembrado e destacado na cerimônia de encerramento.

Com estes dois últimos turnos realizados, o 12° BI completou, assim, o número de 12.748 Escaladores Militares formados pela Unidade desde 1982, quando ocorreu o primeiro estágio de Escalador Militar, contribuindo para difundir e desenvolver as técnicas e o espírito do Combatente de Montanha em apoio ao 11º Batalhão de Infantaria de Montanha, o que o possibilita focar nos cursos regulares de montanhismo militar e nos estágios de maior grau de complexidade.

Para frente e para o alto: MONTANHA!

           Créditos das imagens: Academia de Polícia Militar de Minas Gerais

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

Um valor em torno de U$ 400 milhões, resultante de acordo entre o grupo britânico e o Exército da Dinamarca...

As tripulações estão prontas para operar, a bordo do novo blindado, em todos os contextos operacionais. A Escola de Cavalaria...

O grupo italiano Leonardo vem registrando importantes marcas neste início de 2024. Dentre as conquistas e acordos de cooperação recentemente...

No dia de ontem, 27 de fevereiro, representantes da Diretoria de Fabricação (DF) do Exército Brasileiro visitaram a empresa Ares...

Comentários

Disponível

DISPONÍVEL