1.200 empresas participam do maior Dubai Airshow da história.

0
5333
O Dubai Airshow 2017 abriu as suas portas neste domingo (12/11) com mais de 1.200 expositores e uma expectativa de 72.500 visitantes comerciais em cinco dias, ultrapassando as edições anteriores.

O Dubai Airshow 2017 abriu as suas portas neste domingo (12/11) com mais de 1.200 expositores e uma expectativa de 72.500 visitantes comerciais em cinco dias, ultrapassando as edições anteriores.

Destaque para os novos Pavilhões de Conferências, a palestra com o piloto do Módulo de Comando da nave espacial Apollo 15, Al Worden; o Simpósio Cargo Zone, UAS Summit e Airport Solutions, que foi lançado novamente pela Tarsus F & E LLC Middle East para 2017 como parte da série Airport Solutions Global.

Outras ações populares que retornam este ano incluem o Gulf Aviation Training Event (GATE), agora em sua quarta edição, tendo se expandido para incluir discussões sobre manutenção e treinamento das equipes de solo, além do treinamento de pilotos.

Futures Day, destinado a inspirar a próxima geração de profissionais aeroespaciais, também retornará no 5º e último dia do show em conjunto com as principais universidades dos Emirados Árabes Unidos.

As exibições em voo incluem as (no plural mesmo) equipes acrobáticas da PLAAF (China), uma delas voando o J-10; os Cavaleiros Russos (The Russian Knights), voando os SU-27, e o time oficial Al Fursan, da Força Aérea dos Emirados Árabes Unidos. Também se apresentarão em voo um jato comercial Airbus A350 e um hidroavião Beriev BE200 ES demonstrando sua capacidade de combate a incêndios.

Nas asas rotativas, o helicóptero de ataque TAI T129, inédito no Dubai Airshow, é um dos destaques. Um grande número de aeronaves militares também está participando, a Força Aérea dos EUA com caças F-16 C/D e a Força Aérea dos Emirados Árabes Unidos com Mirage 2000-5, dentre outros.

O parque estático exibe mais de 160 aeronaves, incluindo Airbus A380s da Emirates Airlines e Etihad Airways; os helicópteros Motor Sich Mi2 e Mi8 MSB-T; jatos executivos como um Gulfstream G650ER e Bombardier Global 6000, ou drones como o Anka MALE Class UAV.

Aparecendo no Dubai Airshow pela primeira vez o Sukhoi Superjet 100 e o transporte/cargueiro Kawasaki C2 da Força Aérea Japonesa, além do expositor Calidus exibindo duas aeronaves: o B-250 Bader e o TX-C (ambas desenvolvidas inicialmente pela empresa brasileira NOVAER, de São José dos Campos).

O turboprop B-250 Bader, de aspecto robusto, está sendo exibido com as marcas da Força Aérea dos Emirados Árabes Unidos, embora também apresente a matrícula civil brasileira PR-ZNU.

“Estamos ansiosos pelo sucesso do evento, mais uma vez”, disse Michele van Akelijen, Diretor Gerente da Tarsus F & E LLC Oriente Médio. “O Dubai Airshow realmente representa o centro da indústria aeroespacial e estamos satisfeitos por receber os principais players da indústria de todo o mundo”.

Dos 1.200 expositores no Dubai Airshow 2017, 30% dos expositores são da Europa e 40% do Oriente Médio. Além disso, cerca de 10% dos expositores vieram das Américas, a maioria deles provenientes dos Estados Unidos e do Canadá.

 O Dubai Airshow 2017 ocorre de 12 a 16 de novembro e está aberto a visitantes comerciais da indústria aeroespacial.