“Usados de Uniforme” no Brasil: Humvee AM General M-998 & Oshkosh Defense HEMTT M984.

0
3364
  • Humvee AM General M-998 & Oshkosh Defense HEMTT M984 A4 (WRECKER).

Os aficicionados, pesquisadores de temas militares e o público em geral, ao conhecerem uma máquina militar antiga preservada e funcionando, reconhecem: essa é uma oportunidade rara, proporcionada por algum colecionador.

Graças a essas pessoas, é possível as novas gerações travarem contato com tecnologias antigas e conhecerem como era o funcionamento de algums sistemas bélicos famosos em sua época. Alguns nem são tão antigos assim.

Que tal, por exemplo, importar para o Brasil um par de caminhões pesados Oshkosh 8×8 HEMTT em dois esquemas de cores, camuflado europeu e deserto?

Em um vídeo circulando pelo whatsapp entre os participantes de clubes de veículos militares antigos, é possível observar dois colecionadores “manobrando” um Oshkosh Defense HEMTT M984 (Horse Truck)  camuflado, enquanto ao lado está estacionado outro Oshkosh Defense HEMTT M984 A4 (WRECKER) com camuflagem desértica, do mesmo tipo adquirido pelo Exército Brasileiro recentemente, equipado com um krane (guindaste) de recuperação e socorro, patolas e demais sistemas associados.

Os Humvee AM General M-998 , ex-USMC e US Army, importados por uma empresa de Minas Gerais, fazem o maior sucesso pelas ruas brasileiras.

O modelo Humvee AM General M-998 pode assumir a configuração para 2 ou 4 passageiros. Este modelo mostrado em duas camuflagens (europa e deserto) é o completo para 4 passageiros. Percebe-se que tanto as portas quanto as capotas são de lona.

Essa é uma característica originária do modelo M998 e uma exigência do Exército dos Estados Unidos a época. Todas as capotas e portas deveriam ser facilmente removíveis (assim como se fazia no obsoleto Jeep Willys), permitindo aos soldados maior agilidade, ventilação e operação em ambientes de clima quente.

Na operação Desert Storm (Iraque, 1991), os Humvees ficaram conhecidos no mundo inteiro e surgiu uma demanda pela fabricação comercial (que assumiu o título H1). O H1 nada mais é do que um Humvee mais civilizado, contudo com perda de parte da essência militar.

Humvee AM General M-998

* Motor : GM 6.2, V8 diesel, 150 hp. Pelo fato do motor GM ser compartilhado com outros veículos de porte maior fabricados pela montadora, a disponibilidade de peças é garantida, e os itens de manutenção básica são encontráveis facilmente nos EUA (filtros de ar, água, óleo, etc…). Ressalte-se que a AM General (montadora dos Hummers) nunca fabricou motores próprios.
* Câmbio : Automático (3F1Rx2). Também compartilhado com outros veículos de grande porte fabricados pela GM. Disponibilidade de peças garantida.

* Diferenciais mecânicos : O veículo é reconhecidamente o melhor 4×4 do mundo em razão de algumas características: largura, altura e centro de gravidade (permitindo-lhe atacar obstáculos íngremes, mantendo a estabilidade); excepcionais ângulos de entrada, de saída e entre eixos (permitindo assim maior capacidade de superar os trechos mais difíceis); e os diferenciais dianteiro e traseiro não são montados como nos demais 4×4 (com a chamada “batata do diferencial”).

Ao contrário, todo o conjunto mecânico, incluindo diferenciais, caixa de transmissão e cardans são recolhidos para cima do veículo, de modo a deixar um vão livre excepcional apto a passar pelos caminhos mais tortuosos.

Se não bastasse, o modelo ainda tem diferencial blocante nos dois eixos acionado pelo pedal do freio. Em situações de dificuldade, basta ao condutor pisar no pedal de freio para acionar o bloqueio, tornando-o simplesmente insuperável.

* Aspectos especiais : O primeiro veículo saído da linha de produção da AM General foi um M998 em 2 de janeiro de 1985.

De lá para cá já foram produzidos mais de 280.000 unidades nas diferentes configurações (nenhum para o mercado civil, apenas para forças armadas dos EUA e outros países).