Uruguai contrata FAdeA para inspecionar seus Pucarás

0
1269

De acordo com o portal espanhol Infodefensa, a Força Aérea do Uruguai (FAU) contratou diretamente a Fábrica Argentina de Aviones ‘Brigadier San Martín’ (FAdeA) para executar inspeção e ensaios de acessórios dos motores Turbomeca Astazou XVIG de seus aviões de ataque leve FMA  IA58 Pucará.

Conforme a fonte, a “compra por exceção”, identificada pelo número 299/2016, está sendo firmada com o propósito de recuperar a operacionalidade de alguns IA58 pertencentes à reduzida frota de aviões de ataque da FAU. A execução do processo determinará quais exemplares terão condições de retornar ao serviço ativo. Segundo recente database, consta no inventário da FAU apenas três IA58 dos seis comprados em novembro de 1980.

Nos últimos tempos um único exemplar se encontrava em condições de voo, sendo que um plano de desativação definitiva desses aviões estava marcado para efetivação em março de 2017. Entretanto, até o momento, não foi indicado o substituto restando apenas especulações envolvendo uma possível aquisição de jatos de treinamento chineses Hongdu L15 Falcon, que seriam operados pelos Esquadrões Aéreos Nº 1 e 2 subordinados à Brigada Aérea Nº 2 sediada na Base Aérea Nº 2 Teniente 2º Mario W. Parallada, em Santa Bernardina, Durazno.

Além dos IA58, a Brigada Aérea Nº 2 opera também os veteranos jatos Cessna A-37B Dragonfly, aeronaves que já estão no final da vida ativa.

Ivan Plavetz
Fonte: Infodefensa