Tiro Pistola DelfireArms/AREX REX 01 Standard CP/9mm (Teste).

0
2709
Tiro com a pistola eslovena AREX Rex 01 REX ZERO ONE 9mm (munição carga super ponta expansiva).

Escola Superior Polícia Civil de Goiás, estande tiro, sábado, 18 de agosto de 2018.

(recomendamos usar fone de ouvido).

Tiro com a pistola eslovena AREX Rex 01 REX ZERO ONE 9mm (munição carga super ponta expansiva).

 

ATIRADORES: Regina Neri Silva e Arthur Luiz Silva, jornalista Roberto Caiafa, Sr. Elvis (1º tiro na sua vida).

Instrutores: Heiko Seibold (Alemão Curdo Peshmerga = Peshmerga ou Peshmerge é um termo utilizado pelos curdos para se referir aos combatentes de seu exército e significa literalmente “aqueles que enfrentam a morte”);

Ricardo Fernandes da Silva, Coordenador de Ensino Operacional da Escola Superior da Polícia Civil de Goiás.

Sobre a DELFIREARMS

Vista aérea da fábrica da DelFirearms: produção começará em janeiro de 2019.

Sediado na cidade de Anápolis (GO), o Grupo DFA ficou conhecido em 2016 quando
anunciou um acordo industrial com a Caracall LLC, dos Emirados Árabes Unidos
(EAU), para a fabricação de pistolas e fuzis para o mercado brasileiro.

Esse arranjo não logrou sucesso devido a uma série de problemas internos na
empresa do Golfo Pérsico, fatos que a obrigaram a retirar-se do negócio ao final do 2º
trimestre de 2017.

Pouco mais de um ano depois, ao final de julho corrente, a Delfire Arms anuncia uma
virada que começou a ser desenhada em meados de 2017 na distante Eslovênia.

Com sofisticadas instalações em construção no Distrito Industrial de Anápolis (GO), uma ampla pesquisa de mercado em mãos e muita determinação para vencer mais um desafio, a empresa foi buscar uma solução no continente europeu, mais precisamente
através da Arex (Rex FireArms – vídeo).

Reconhecido fabricante no mercado mundial de armas, a Arex se interessou em
estabelecer uma parceria no Brasil, e assim, o Grupo DFA definiu seu produto de
entrada no mercado brasileiro, a pistola Rex FireArms REX 01 no calibre 9 mm.

A Delfire Arms prontamente providenciou a importação de maquinário industrial
especializado com tecnologias atualizadas e capacidades similares ao empregado na
fábrica da Arex na Eslovênia, tudo para garantir um processo de produção com
qualidade idêntica ao produto original.

As obras da nova planta fabril deverão ser concluídas em janeiro 2019