Testes de estol do KC390: pouso não foi uma emergência.

0
10435
O protótipo do KC390 operando em Gavião Peixoto: testes de estol não significa entrar em emergência.

Um protótipo do avião de transporte multimissão KC-390 realizou na manhã de quinta-feira, 12 de outubro, ensaios em voo para situação de estol, que resultam em perda de altitude da aeronave, devido à diminuição da força de sustentação, como parte da campanha de testes para certificação.

Em razão das manobras efetuadas e seguindo os protocolos estabelecidos, a tripulação solicitou retorno antecipado à base, pousando normalmente no aeródromo da companhia em Gavião Peixoto (SP) onde a campanha de ensaios é realizada.

Em caso de real necessidade, os protótipos podem contar com um equipamento de segurança instalado na cauda (na cor laranja) capaz de retornar a aeronave a uma atitude normal de voo, caso entre em perda.

Esse procedimento, normal para uma aeronave protótipo que está abrindo seu envelope de voo durante o testes, foi interpretado por pessoas que estavam copiando a frequência rádio de Gavião Peixoto como uma situação de emergência, o que absolutamente não ocorreu.

A reportagem de T&D entrou em contato com a Embraer, e o assunto foi esclarecido através desse comunicado. Tratou-se apenas de mais um dia na atribulada vida de voos de teste realizados pelos dois protótipos.

A entrada em serviço do KC-390 está prevista para acontecer em 2018, conforme o cronograma do programa. Atualmente, dois protótipos do KC-390 somam mais de 1.300 horas de voo.

Atualmente, dois protótipos do KC-390 somam mais de 1.300 horas de voo.