Terceiro protótipo do Airbus H160 junta-se à campanha de teste de voo

0
1301
A Helibras anuncia a venda do primeiro helicóptero modelo H160 da América Latina para um cliente brasileiro.

Equipado com um interior de cabine e com uma configuração mais próxima a de série, o terceiro protótipo do Airbus Helicopters H160 (PT3) realizou o seu primeiro voo em Marignane nesta tarde.

O PT3, com a sua configuração interior de cabine semelhante ao de uma aeronave em série, contribuirá para atividades de certificação e testes de voo para garantir o nível de maturação da aeronave antes da entrada em serviço em 2019.

“O terceiro protótipo incorpora uma quantidade significativa de modificações com base no feedback resultante dos primeiros dois anos de testes por equipes de desenvolvimento, produção e suporte”, disse Bernard Fujarski, vice-presidente sênior, chefe do programa H160. “Ele desempenha um papel essencial na entrega de uma aeronave madura na entrada em serviço e também está mais próximo da definição em série com o revestimento interior e a configuração da cabine de transporte”, acrescentou.

Os dois primeiros protótipos registraram mais de 500 horas de voo desde junho de 2015. Nesse tempo, o envelope já foi totalmente testado e o domínio foi aberto.

A atividade de desenvolvimento remanescente, por exemplo, testes de clima quente complementares, antenas e equipamentos opcionais será feita usando as três aeronaves.

O H160 PT2 (#2)

A linha de montagem em Marignane está em fase final de preparação e estará pronta para iniciar a produção em série em breve.

As atividades de suporte ao cliente estão sendo preparadas em paralelo, graças ao envolvimento extensivo das equipes de manutenção, através da “campanha do operador zero”, usando os protótipos e os meios de teste para verificar e melhorar o plano de manutenção, cartões de trabalho digitais e documentação técnica e ferramentas etc. antes das operações reais.

A primeira versão para entrar no serviço em 2019 será o transporte de passageiros – transporte aéreo comercial ou petróleo e gás, seguido da versão de serviços médicos de emergência (EMS).