Tecnologia “Mode 5” nos A330MRTTs sul-coreanos

0
805

A Airbus Defence & Space Electronics and Border Security (Airbus DS EBS), futuramente HENSOLDT, foi contratada recentemente para equipar as aeronaves A330 MRTT (MultiRole Tanker & Transport) encomendados para a Força Aérea da República da Coreia (ROKAF conforme sigla em inglês) com tecnologia de encriptação que emprega o último padrão OTAN, identificado como “Mode 5”.

Por meio do contrato firmado com a Airbus Defence & Space, a futura HENSOLDT entregará, até o início de 2018, oito computadores criptográficos que protegerão os sistemas de identificação das aeronaves contra falsos sinais e interferências.

Produzidos na Europa e certificados nos Estados Unidos, os computadores QRTK-crypto constituem os elementos chave dos sistemas de identificação amigo/inimigo (IFF conforme sigla em inglês) das Forças Armadas que empregam trocas automáticas de sinais criptografados entre estações de superfície e aeronaves para distinguir forças amigas e hostis.

De acordo com a Airbus, identificação efetiva é necessária para evitar ataques equivocados contra suas próprias forças militares ou aliadas. Ao contrário do padrão “Mode 4” atualmente usado por vários exércitos ocidentais, o “Mode 5” emprega técnicas criptográficas altamente sofisticadas para evitar manipulações de sinais por parte do inimigo, permitindo um processo de identificação absolutamente seguro e confiável.

Até 2019, o “Mode 5” deverá ser introduzido em todos os exércitos da OTAN, sendo portanto pré-condição para operações conjuntas das forças aliadas. A futura HENSOLDT está contratada para atualizar os sistemas IFF das Forças Armadas da Alemanha, França e Reino Unido para o padrão “Mode 5”.

(Imagem Airbus DS EBS)
(Imagem: Airbus DS EBS)

A corporação já entregou sistemas IFF, incluindo dispositivos criptográficos, para aplicações navais e terrestres em todos os países da OTAN. Equipamentos da companhia estão integrados em todos os navios da Marinha da Alemanha, e em alguns navios da Marinha Real do Reino Unido. Na Alemanha, já está estabelecendo uma rede de controle de tráfego aéreo/IFF para a Força Aérea do país, capaz de cobrir um espaço aéreo de 1.700 x 1.500 Km.

No total, a HENSOLDT forneceu mais de 400 sistemas IFF para 42 países. Na República da Coreia, a Airbus D&S EBS já equipou radares de baixa altitude da ROKAF e do Exército daquele país com  IFF de tecnologia “Mode 5″em cooperação com a indústria de defesa local.

 

Ivan Plavetz