Jornalista de T&D recebe a Medalha Amigo da Marinha

0
1269

O Comando do 1o Distrito Naval (Com1oDN) realizou a cerimônia de outorga da Medalha Amigo da Marinha no dia 6 de novembro.

No evento presidido pelo Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, Almirante de Esquadra Fuzileiro Naval Fernando Antonio de Siqueira Ribeiro, foram 140 agraciados, entre personalidades civis, militares de outras Forças e instituições, que receberam suas medalhas na Fortaleza de São José, na Ilha das Cobras (RJ).

O comandante do 1º DN, vice-almirante Viveiros, discursa antes da entrega das medalhas aos agraciados.
O jornalista Roberto Caiafa, que integra a equipe da Revista Tecnologia & Defesa, foi agraciado com a condecoração em reconhecimento aos relevantes serviços prestados a Marinha do Brasil através das reportagens publicadas na revista especializada.

Após a imposição das medalhas, a Banda Marcial de Fuzileiros Navais presenteou o público com diversos clássicos da Música Popular Brasileira.

Na sequência, foi realizado o tradicional Cerimonial à Bandeira, cuja dobradura do Pavilhão Nacional é feita por oito soldados Fuzileiros Navais.

O Presidente da Sociedade Amigos da Marinha no Rio de Janeiro (SOAMAR-Rio), José Antônio de Souza Batista, discursa aos agraciados.

As medalhas foram entregues pelo Presidente da Sociedade Amigos da Marinha no Rio de Janeiro (SOAMAR-Rio), José Antônio de Souza Batista, acompanhado por outros paraninfos, dentre eles o Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais; o Diretor-Geral de Pessoal da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior; o Diretor-Geral de Navegação, Almirante de Esquadra Paulo Cezar de Quadros Küster; o Comandante da Força de Fuzileiros de Esquadra, Vice-Almirante Alexandre José Barreto de Mattos; e o Comandante do 1o Distrito Naval, Vice-Almirante Cláudio Portugal de Viveiros .

A Marinha do Brasil (MB) dedica o dia 6 de dezembro como data nacional do Amigo da Marinha.

Todos os anos, a MB homenageia aqueles que se distinguiram por ajudar a divulgar a mentalidade marítima, no relacionamento com a Força, na defesa dos interesses atinentes à instituição e na divulgação da importância do mar para o país.

“Ao largo de nossa costa, nas profundezas do extenso litoral, reside uma importante parcela do PIB, o que exige uma Marinha forte, moderna, atualizada e dotada dos meios necessários para defesa da nossa soberania”, declarou o Presidente da SOAMAR.