Simulador do C-105 Amazonas é homologado pela ANAC

0
1584

O simulador de voo da aeronave C-105 Amazonas, do Esquadrão Arara (1°/9° GAv), sediado em Manaus (AM), foi homologado como Classe D pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Isso significa que o equipamento é capaz de reproduzir 100% do voo real.

A análise técnica mediu a fidelidade do simulador em relação à performance da aeronave C-105 Amazonas. Nesse sentido, foram verificadas as grandes áreas de desempenho da aeronave, qualidade de voo, sons, sensação dos movimentos e representação visual. O simulador do C-105 é o primeiro da Força Aérea Brasileira (FAB) a ser certificado pela ANAC.

C-105 Amazonas (Imagem Airbus Defence & Space)
C-105 Amazonas (Imagem: Airbus Defence & Space)

De acordo com o especialista em regulação da ANAC, Gabriel Murta, a certificação de simuladores correspondentes à Classe D permite que pilotos civis substituam horas de voo reais, que possuem alto custo agregado, por horas de voo acumuladas no simulador. “Os pilotos civis só podem substituir o simulador pela aeronave se a ANAC der a certificação”, explicou.

O equipamento é utilizado para o treinamento dos esquadrões da FAB que operam o C-105, como o Esquadrão Arara (1°/9° GAv), o Esquadrão Pelicano (2°/10° GAv) e o Esquadrão Onça (1°/15° GAv). Militares de Forças Aéreas de nações amigas também realizam treinamentos nesse simulador da FAB.

Ivan Plavetz