Sikorsky anuncia turnê do M28

0
1804

A norte-americana Sikorsky, uma companhia da Lockheed Martin, e sua afiliada polonesa PZL Mielec, anunciaram uma turnê de dois meses do avião de transporte turboélice M28 pela América Latina incluindo o Caribe.

De acordo com nota emitida pela empresa, 13 cidades de sete países do continente estão no roteiro previsto para ser cumprido entre março e maio, ocasião em que a aeronave demonstrará suas capacidades.

A turnê começará em Trinidad e Tobago, passando por Brasil, Argentina, Equador, Colômbia e México. O M28 será exibido para operadores comerciais, agências governamentais e organizações militares. Estão previstas demonstrações com carga útil total em pistas não preparadas, conversão da cabine configurada para passageiros em cargueira, transporte de tropas e evacuação aeromédica.

Dependendo da configuração e condições ambientais, o M28 decola e aterrissa em pistas não preparadas de apenas 345 metros.

Transportando 1.000 Kg de carga, a aeronave voa 1.592 quilômetros e ainda conserva uma reserva para 45 minutos de voo. Na configuração de transporte de passageiros, o M28 acomoda até 19 pessoas e na configuração de carga até 2.300 Kg de volumes, sendo que sua autonomia nessas condições é superior a 450 quilômetros. Na versão cargueira, cuja capacidade da cabine principal é de 148 m³, o piso é adaptado com roletes removíveis para facilitar o manejo de volumes (ou pallets). Opcionalmente, uma pequena grua pode ser adaptada internamente nas proximidades das amplas portas tipo clamshell da mesma que permite acesso de grandes volumes.

O M28 é uma aeronave de asa alta impulsionada por dois motores turboélice Pratt & Whitney Canada PT6-65B capazes de gerar potencia máxima de 1.100 Hp cada um, os quais movimentam hélices de cinco pás dotada de passo variável e reversão.

Segundo a Sikorsky, mais de 100 M28 estão sendo operados no mundo por usuários comerciais e militares em tarefas de transporte, treinamento de paraquedistas e patrulha de fronteiras e proteção de áreas de pesca, entre outras. A Força Aérea dos Estados Unidos (USAF), por exemplo, emprega o M28 (designado localmente de C-145A) para transportar suprimentos para suas tropas em atividade no Afeganistão.

Entre as qualidades do M28, destaca-se a capacidade de decolar e aterrissar em pistas curtas e rústicas. (Imagem: Sikorsky)

 

O M28 está certificado pela European Aviation Safety Agency (EASA) e Federal Aviation Administration (FAA) dos Estados Unidos. No Brasil já obteve certificação da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Durante a turnê latino-americana, o avião deverá passar pelo Brasil  aproveitando a oportunidade de ser apresentado durante a Latin America Aerospace and Defence, LAAD 2017, que acontecerá no Rio de Janeiro (RJ) entre os dias 04 e 07 de abril.

 

Ivan Plavetz