Rheinmetall recebe contrato para modernização de 104 Leopard 2A7 para a versão 2A7(V)

0
5108
O Leopard 2A7 é considerado hoje como o melhor carro de combate europeu e um dos melhores do mundo. No entanto, os turcos perderam alguns de seus carros recentemente. As upgrades destinam-se a corrigir as deficiências detectadas nessas operações.. (Imagem: Rheinmetall)

 

A Rheinmetall venceu o contrato colocado pelo Governo Alemão, avaliado em €118 milhões, para efetuar os trabalhos de modernização em vinte (20) VBCCC Leopard 2 A7, dezesseis (16) Leopard 2 A6 e sessenta e oito (68) Leopard 2 A4 para a versão Leopard 2A7(V).

O “V” representa a palavra Verbessert (melhorado, em alemão), designação oficial do “novo” Leopard 2A7(V).

Extraoficialmente, trata-se de uma homenagem ao primeiro blindado fabricado pela Alemanha, o A7V (1917, 1ª Guerra Mundial).

Os carros de combate do tipo Leopard 2A4, mais antigos, terão de trocar a arma principal pela nova L55A1, compatível com os Leopard 2A6.

Esse novo canhão de 120 mm de alma lisa está sendo desenvolvido para suportar maior pressão interna sem diminuir a vida útil do tubo (1500 disparos), requisito colocado pela Bundeswehr.

 

Os Leopard 2A7(V) receberão melhorias como novo sistema de climatização; unidade de energia auxiliar Steyr M12, de 17 KW; sistema digital de intercomunicação Thales SOTAS; gerenciador do Campo de Batalha IFIS; equipamento de visão termal da Airbus ATTICA para o atirador e comandante; sistema de camuflagem móvel Barracuda (SAAB); kit de proteção contra minas; e módulo de programação da munição multipropósito DM11 na culatra.

A compatibilidade de munições entre as versões será total.

A nova arma principal L55A1, um upgrade capaz de destruir carros de combate modernos como o Armata e T-90MS.

As entregas deverão começar em 2020, e após a conclusão desse processo, a Bundeswehr ainda poderá alinhar 155 Leopard 2 na versão A6 e outros 50 na versão A6M.

Essa frota mais recente também poderá ser objeto de novos contratos de modernização.