Program Management Meeting de Offset do Projeto F-X2

0
1520
A industrialização do Programa Gripen E/F é o tema dos encontros PMM. (Imagem: SAAB)

Evento realizado no Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) em São José dos Campos, e que contou com a participação da empresa sueca Saab, responsável pelo fornecimento da nova geração do caça Gripen (Gripen NG) para a Força Aérea Brasileira (FAB) e pela transferência de tecnologia para o Brasil, marcou a 3ª Reunião de Gerenciamento do Acordo de Compensação (Offset) do Projeto F-X2. Também participaram empresas brasileiras como Embraer, Akaer, Atech, Atmos e AEL Sistemas, parceiras da sueca no design, desenvolvimento, integração, produção e suporte logístico para o Gripen NG (Gripen E/F), na condição de Beneficiárias do Acordo.

A Força Aérea Brasileira (FAB) foi representada pela Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC) e pelo Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI), por meio de sua Divisão de Desenvolvimento Industrial (CDI), responsáveis por gerir, acompanhar e fiscalizar o Acordo de Compensação.

O programa de transferência de tecnologia para o Brasil tem como objetivo principal a capacitação da indústria aeroespacial brasileira com tecnologia e conhecimentos necessários para desenvolver, produzir e manter as aeronaves Gripen no Brasil. A proposta oferece uma compensação tecnológica e industrial ao país, com contrapartidas superiores, em valor econômico, ao preço final do contrato comercial de aquisição das 36 aeronaves para a FAB.

O grupo de trabalho da 3ª PMM (Program Management Meeting) do Programa FX-2. (Imagem: Instituto de Fomento e Coordenação Industrial)

O objetivo da Reunião PMM é avaliar, com participação de todos os envolvidos, o andamento da Execução do Acordo de Compensação, de modo a garantir o cumprimento de todas as atividades e entregas previstas, conforme prevê a legislação.

 

Roberto Caiafa