Primeiros pilotos afegãos de A-29 prontos para o combate

0
1758
Imagem 1 A-29AfghanPilots
(Imagem: USAF)

O primeiro grupo de pilotos afegãos, composto por oito militares daquele país, treinados no 81º Esquadrão de Combate da Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) com propósito de conversão operacional para os A-29 Super Tucano, está pronto para entrar em ação. A graduação foi realizada na última sexta-feira (18) na sede da unidade localizada na Base Aérea de Moody, estado da Georgia.

Os pilotos afegãos começaram os treinamentos nos Estados Unidos em fevereiro deste ano. Eles passaram inicialmente por instrução teórica, sendo que as primeiras aulas de voo no A-29 foram ministradas a partir de março.

Imagem 3 A-29AfghanPilots
Durante a cerimônia de formatura, manteve-se sigilo da identidade dos pilotos afegãos. (Imagem: USAF)

De acordo com a USAF, o grupo adquiriu nível de proficiência de pilotos de ataque de primeira classe. O programa de adestramento durou mais de 11 meses. A meta é formar nos próximos três anos 30 pilotos desse nível. Adicionalmente, 90 técnicos afegãos destinados a prestar apoio operacional (mecânicos, entre outros) também passarão por capacitação em Moody no mesmo período.

Os pilotos afegãos destacados para conversão operacional nos A-29 operam atualmente helicópteros de ataque Mi-35, que serão desativados a partir de janeiro de 2016.

Vale lembrar que, no âmbito da competição Light Air Support (LAS) da USAF, a Embraer Defesa e Segurança (EDS) e sua parceira norte-americana Sierra Nevada Corporation (SNC), foram as vencedoras da concorrência e contempladas com um contrato para produção de 20 A-29 Super Tucano nos Estados Unidos para serem repassados à Força Aérea do Afeganistão de acordo com o programa de assistência militar planejado e patrocinado pelo governo de Whashington.

Ivan Plavetz