Primeiro-ministro da Suécia visita fábrica da Embraer

0
2615
Stefan Löfven conversa com representantes da Embraer durante sua visita. (Imagem: Expressen.Se-Sven Lindwall)
Stefan Löfven conversa com representantes da Embraer durante sua visita. (Imagem: Expressen.Se-Sven Lindwall)

O primeiro-ministro da Suécia, Stefan Löfven, visitou a fábrica da Embraer em São José dos Campos (SP) no último sábado (03). Na ocasião, um dos assuntos abordados girou em torno do acordo bilateral com a sueca SAAB para concretizar a parceria para gestão conjunta do Projeto F-X2 da Força Aérea Brasileira. O político sueco veio ao Brasil para acompanhar a posse da presidente reeleita Dilma Rousseff.

Em outubro do ano passado, FAB e SAAB assinaram contrato envolvendo a compra de 36 aviões de combate Gripen E/F, sendo 28 unidades do “E” (um assento) e oito da configuração “F” (dois assentos). O documento estabelece participação brasileira no desenvolvimento e produção dos aviões, incluindo transferência de tecnologias que capacitem a indústria local, como por exemplo, na produção de aeroestruturas avançadas aplicadas em jatos militares supersônicos.

A Embraer não revelou detalhes da visita que, segundo a própria empresa, foi institucional. A embaixada da Suécia informou antes da chegada de Stefan Löfven, que a parceria entre SAAB e Embraer deveria ser o foco das conversas no encontro.

Pelo acordo que está sendo esboçado, a Embraer coordenará todas as atividades de desenvolvimento e produção do Gripen no Brasil em nome da SAAB, e também participará do desenvolvimento de sistemas, de integração, testes de voo, montagem final e entregas das duas versões para a FAB.

Ivan Plavetz