Potencial de cooperação entre Argentina e Brasil na área espacial

0
1171

Após audiência com o comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do ar Nivaldo Luiz Rossato, o brigadeiro-general Enrique Victor Amrein, comandante da Força Aérea Argentina, seguiu para o Rio Grande do Norte, onde conheceu a Base Aérea de Natal (BANT) e o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), em Parnamirim.

Nessa organização, ele acompanhou o lançamento de um Foguete de Treinamento Básico (FTB) no dia 09 de novembro, que estava previsto dentro do cronograma de atividades do VI Fórum de Pesquisa e Inovação.

Segundo a autoridade militar argentina, existe interesse para futuras cooperações com o Brasil na parte espacial, especialmente em relação a satélites de uso civil-militar. “O que mais nos interessa, como vizinhos e possíveis parceiros da Força Aérea Brasileira, é a possibilidade de começarmos, juntos, pesquisas e desenvolvimento de projetos espaciais”, afirma o oficial-general. Ele conta que deverá conversar com o adido militar no Brasil para avaliar as reais possibilidades de cooperação.

Durante sua passagem pela capital potiguar, o comandante da Força Aérea Argentina também teve a oportunidade de visitar o Centro de Cultura Espacial e Informações Turísticas, espaço dedicado a registrar a história do Programa Espacial Brasileiro. “Foi uma visita profissional muito interessante para nós e eu transmitirei todo o conhecimento adquirido para avaliarmos a possibilidade de aproximar os [dois] países”, afirmou.

Ivan Plavetz