Policia Federal ampliará área de ação dos VANTs Heron

0
1782
(Imagem: Agência Força Aérea)

A Polícia Federal do Brasil ampliará a área de ação de seus dois Veículos Aéreos Não Tripulados (VANT) Heron 1 fornecidos pela Israel Aerospace Industries (IAI), que até então eram empregados em missões de inteligência para controlar fronteiras.

A partir de agora, a PF integrará os VANTs dentro de todo sistema operacional, notadamente na Amazônia, e nas ações para identificação e erradicação de maconha deflagrada no Nordeste. A Direção-Geral da PF tem como meta remodelar e redimensionar o projeto original envolvendo seus VANTs.

A PF informou que estará constituindo uma comissão de policiais para elaborar as diretrizes do novo projeto, que foi denominado IntegraVANT. Essa medida decorre do emprego de outras ferramentas de tecnologias adquiridas pela PF que elevaram muito a capacidade das operações aéreas a partir de sistemas de imagem, comunicação em tempo real e georeferenciamento.

Entre as capacidades notáveis do Heron 1, figuram autonomia de mais de 37 horas de voos ininterruptas e raio de ação de até 250 Km distante da estação de controle. É equipado com uma suíte móvel de câmeras conjugadas capazes de fornecer imagens diurnas e noturnas de alta-resolução de pessoas e objetos captados de até 30 mil pés (10 mil metros) de altitude. O Heron 1 pode ser equipado com radar de abertura sintética (SAR conforme sigla em inglês), que fornece imagens de alta definição além de possibilitar detecção de movimento no solo, entre outras funções.

Ivan Plavetz
Fonte: O Estado de São Paulo