Operação “Bogatun/Exponaval 2016”

0
1468

A fragata Constituição, da Marinha do Brasil, e a Armada de Chile (ARCH) realizaram, na área marítima compreendida entre as cidades chilenas Punta Arenas e Talcahuano, a 1ª fase da operação combinada “Bogatun/Exponaval 2016”, de caráter estritamente militar e concernente às tarefas básicas do poder naval, a fim de incrementar a interoperabilidade e estreitar os laços de amizade entre as duas Forças.

Comandante do ComEsqdE-2, capitão-de-mar-e-guerra José Américo Alexandre Dias, acompanha exercício de Leap Frog entre a Constituição e a Misilera Casma (Imagem Marinha do Brasil)
Comandante do ComEsqdE-2, capitão-de-mar-e-guerra José Américo Alexandre Dias, acompanha exercício de Leap Frog entre a Constituição e a Misilera Casma (Imagem: Marinha do Brasil)

Sob coordenação do Comando do 2º Esquadrão de Escolta (ComEsqdE-2), o Grupo-Tarefa, composto pela fragata Constituição e um helicóptero orgânico UH-12 Esquilo, e que também teve a participação da lancha Misilera Casma com a aeronave P-111 da Armada de Chile, durante a realização da operação se destacaram os exercícios táticos de leap frog e manobras táticas por bandeiras, culminando com um breakaway, elementos que contribuíram para incrementar o grau de adestramento dos meios participantes.

 

Ivan Plavetz