O fim de uma era. FAB desativa o helicóptero Bell H-1H Huey ou “Hzão”.

0
10362
“Quando você faz faz o “voo de despedida”,naquela aeronave que te marcou como mecânico de voo na Força Aérea Brasileira…nada a fazer,amigos!!…..nada a fazer!! Já passei das 3000 horas nesta máquina…mas vou entregar meu capacete de voo….viver intensamente cada decolagem te custa um preço alto no final da guerra, principalmente quando peleia-se até o último retumbar dos rotores… a vida de “terráqueo” não me serve! Hei de prosseguir no combate, mas não serei “EU” de verdade… aquele maluco incansável e que xingava meio mundo na pista e no hangar, motivando os novos a seguirem com firmeza e motivação e, ao mesmo tempo, tendo a todos como “filhos”! Pelo menos, pelo menos… e agradeço a Deus por isso, me sobrou pilotar pequenos aviões por aí, o que já me manterá “vivo” e motivado para enfrentar a vida dos 5.0 em diante!!… Agora,só a cerveja importa…nada mais a fazer!!… quem voa sabe…. a “hora da cerveja” é necessária e sagrada,em certos momentos da vida de um aviador!!”
Suboficial mecânico de voo Augusto Trautmann, Esquadrão Pelicano (2º/10º GAv).
O suboficial Trautmann foi homenageado pelos colegas de Esquadrão com uma maquete do “Hzão” quando da sua desativação. Foto acervo pessoal.

UH-1H – Empregado na Guerra do Vietnã, o UH-1H Iroquois é considerado o projeto de helicóptero mais importante fabricado nos Estados Unidos.

No Brasil, essas aeronaves estavam preparadas para operações de busca e salvamento em combate, infiltração aérea, exfiltração aérea e evacuação aeromédica.

Em fase de desativação, o helicóptero será substituído progressivamente pelo H-36 Caracal.

O corte de motor final foi realizado na última segunda-feira, 22 de outubro de 2018, em Campo Grande (MS), na Ala 5.

O FAB 8703, representando todas as aeronaves H-1H da FAB, realizou o último corte de motor, encerrando um ciclo que teve início em junho de 1967.

Durante a cerimônia, o Comandante da Força Aérea Brasileira, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, ressaltou a importância daqueles que um dia tripularam a aeronave.

Todos que um dia tripularam essa máquina, certamente guardam em suas memórias pequenas parcelas, das milhares de emocionantes histórias, das quais este ícone da aviação participou. Esse guerreiro presenciou a coragem e a abnegação de várias gerações de tripulantes. Homens de valor que deixaram guardados no interior dessa aeronave um pouco dos melhores sentimentos que um ser humano pode apresentar”, disse.

Em 2015, a FAB noticiava:

“É uma máquina consagrada, um privilégio ainda poder operar ela”. Esse é o depoimento da Tenente Aviadora Paula Lucero Testa, que comanda o helicóptero H-1H Iroquois e é uma das fontes do documentário “UH-1H – O descanso de um guerreiro”.

O vídeo, feito por três estudantes de Jornalismo da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) como parte de conclusão da disciplina “Documentário”, mostra a importância da aeronave e a relação dela com os militares.

“Meu pai é suboficial e trabalhou muito tempo com o helicóptero no Esquadrão Pelicano (2°/10° GAV), aqui em Campo Grande. Conversando com ele, tive a idéia de fazer o vídeo sobre a aeronave que há quase 50 anos faz parte da Força Aérea Brasileira (FAB) e está sendo desativada”, ressalta o estudante João Gabriel Serrano Fusquine, um dos autores do trabalho.

O documentário tem cinco minutos de duração e mostra o depoimento de quatro militares que trabalham com a aeronave.

Todo o processo de produção, desde a elaboração do roteiro, filmagem, entrevistas e edição do material bruto durou uma semana.

Imagem: Suboficial mecânico de voo Augusto Trautmann, Esquadrão Pelicano (2º/10º GAv).
Imagem: Suboficial mecânico de voo Augusto Trautmann, Esquadrão Pelicano (2º/10º GAv).
Imagem: Suboficial mecânico de voo Augusto Trautmann, Esquadrão Pelicano (2º/10º GAv).
Imagem: Suboficial mecânico de voo Augusto Trautmann, Esquadrão Pelicano (2º/10º GAv).
Imagem: Suboficial mecânico de voo Augusto Trautmann, Esquadrão Pelicano (2º/10º GAv).
Imagem: Suboficial mecânico de voo Augusto Trautmann, Esquadrão Pelicano (2º/10º GAv).
Imagem: Suboficial mecânico de voo Augusto Trautmann, Esquadrão Pelicano (2º/10º GAv).
Imagem: Suboficial mecânico de voo Augusto Trautmann, Esquadrão Pelicano (2º/10º GAv).
Imagem: Suboficial mecânico de voo Augusto Trautmann, Esquadrão Pelicano (2º/10º GAv).

E o esforço valeu a pena. Os estudantes tiraram nota 10 na disciplina.

“Foi um trabalho muito legal. A gente percebeu que o helicóptero é muito querido. Quando compartilhamos o vídeo no Facebook, muita gente de Campo Grande disse que vai sentir falta do barulho característico da aeronave”, afirma o estudante.

Aplicativo FAB: Veja a ficha técnica do H-1H Iroquois e de outros vetores aéreos que são utilizados na FAB no ícone Aeronaves, conheça também todas as funcionalidades do aplicativo FAB.

Acesse o link para download.