O Brasil na Exponaval 2018

0
1584
.
  • A busca por novos mercados na América Latina
Estande brasileiro patrocinado pela Apex-Brasil e apoiado pela ABIMDE faz parte do projeto de internacionalização do setor de Defesa e Segurança do Brasil; feira acontece entre os dias 4 e 7 de dezembro.

Quatorze empresas brasileiras expuseram suas soluções e inovações na principal feira de Defesa Naval da América Latina (EXPONAVAL 2018), que aconteceu no Chile, na Base Aeronaval Concón (Región de Valparaíso).

Patrocinada pela Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) e apoiada pela ABIMDE (Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança) e pelo Ministério da Defesa, a delegação brasileira teve uma representatividade expressiva.

Participaram a Alltec, Atech, Avibras, Avionics Services, Defensea, Emgepron, Fundação Ezute, Honeywell do Brasil, NL Tecnologia, OMNISYS Engenharia e SIATT.

Ao todo, mais de 160 expositores de todo o mundo estiveram em Valparaíso. As empresas brasileiras realizaram importantes contatos comerciais durante a Exponaval visando fortalecerem suas exportações de produtos e serviços.

Os pilotos da Avionics Services nos controles do Caçador durante o voo. a esquerda, e possível ver na tela o mapa da região de Botucatu, interior do estado de São Paulo. (Imagem: Roberto Caiafa)

Por meio da participação em feiras e outros eventos, a ABIMDE objetiva criar mais e melhores condições de desenvolvimento dessas indústrias no exterior, promovendo a internacionalização do setor.

Com investimento de R$ 20 milhões, o Centro de Excelência da Sonares da Omnisys, subsidiária brasileira da Thales, está pronto para atender as demandas dos clientes do Brasil e América Latina.

Congresso Internacional Naval

Paralelamente à feira, aconteceu o XI Congresso Internacional Naval e Marítimo para América Latina, que contou com extenso programa de conferências técnicas relacionadas à identificação de novos desafios, novas técnicas desenvolvidas e avanços para enfrentar as mudanças globais nos setores marítimo e naval.