Nicarágua desmente chegada de caças Mig-29

0
3756
Foto 2 Mig-20-Ni.
(Imagem: OKB Mig)

De acordo com o portal de notícias nicaraguense El Nuevo Diario, a Nicarágua não irá receber aviões de combate Mig-29 da Rússia, conforme informações veiculadas pela imprensa especializada colombiana.

De acordo com o diário, o porta-voz do exército da Nicarágua, coronel Manuel Guevara Rocha, disse que todos os países têm o direito de adquirir meios para sua defesa, contudo, afirmou que não há por parte do governo nicaraguense planos para aquisição de meios aéreos militares.

As informações vieram à tona em meio a notícias de que a Força Aérea da Colômbia (FAC) está solicitando prioridade na compra de aviões de combate mais capazes que os Kfir C10/C12, de origem israelense, em serviço, sendo que tal urgência poderia estar vinculada à aquisição de Mig-29 para a Força Aérea do Exército da Nicarágua. A entrega estaria marcada para o segundo semestre de 2016. Em resposta, o coronel Guevara destacou que seu país não constitui nenhuma ameaça regional a nenhum país do continente.

Por outro lado, em agosto de 2014, o comandante do exército da Nicarágua, general Julio César Avíles, confirmou que a Força estava desenvolvendo gestões para a compra de aviões, helicópteros e meios navais de longo alcance para assegurar a soberania do país sobre seus espaços territoriais e marítimos. No entanto, Aviles salientou que os são planos de médio prazo e que estão levando em conta a evolução de possíveis ameaças e riscos que possam incidir sobre o país.

Vale lembrar que Força Aérea do Exército da Nicarágua não possui nenhum avião de combate em seu inventário atualmente, apenas aeronaves de transporte e helicópteros.

Ivan Plavetz

Fonte: El Nuevo Diário.com.ni