navOcéan opera o patrulha polar L’Astrolabe para a Marine Nationale

0
836
O navio patrulha polar L'Astrolabe. (Imagens: DCI)

A navOcéan, subsidiária da Défense Conseil International (DCI) e do grupo Piriou, criado em 2012, atende às crescentes demandas de treinamento marítimo colocadas pela DCI, fornecendo uma embarcação moderna e versátil, a Classe Almak (Almak Maritime Training Vessel).

Almak Maritime Training Vessel

Hoje, a navOcéan diversifica sua atividade estabelecendo uma equipe a bordo do patrulha polar L’Astrolabe.

Durante os testes a bordo, realizados no primeiro cruzeiro, esta equipe irá colaborar estreitamente com as equipes da Marinha Francesa (Marine Nationale) que irão tripular esse navio.

Este é o primeiro contrato de gestão de navios entre a navOcéan e a Marine Nationale, e o segundo maior contrato desde a criação da empresa.

O navio patrulha polar L’Astrolabe P800

O L’Astrolabe vai cumprir extensas missões de vigilância das Zonas Econômicas Exclusivas do Oceano Índico (ZEE) e fornecer suporte a base Adélie Land enquanto enfrenta os icebergs antárticos.

 

Desde fevereiro de 2017, as equipes estão conduzindo e testando um conceito inovador de patrulha co-financiado pelo TAAF (Terres Australes e Antarctiques Françaises) e pelo IPEV (Institut Polaire Français Paul-Emile Victor – Instituto Polar francês Paul-Emile Victor).

O navio deixou Brest em 12 de agosto com destino a ilha da Reunião, onde chegou em 7 de setembro.

“A entrada em serviço do L’Astrolabe é um projeto ambicioso que permitirá à empresa diversificar seus conhecimentos e habilidades durante os testes pré-entrega. Hoje, o L’Astrolabe simboliza os laços únicos e as relações de confiança que uniram o DCI com as Forças Armadas francesas há 45 anos. Desejamos ao L’Astrolabe e sua equipe muito sucesso “, finaliza Jean-Michel Palagos, presidente e CEO da DCI.