Marinha receberá Sistema de Aeronave Remotamente Pilotada

0
2140
(Imagem: FT Sistemas)

A Marinha do Brasil assinou contrato com a FT Sistemas para a compra de um Sistema de Aeronave Remotamente Pilotada (SARP) FT-100 Horus, certificado pelo Ministério da Defesa como Produto Estratégico de Defesa (PED).

Os equipamentos serão utilizados pelos Grupamentos Operativos de Fuzileiros Navais em missões de monitoramento e vigilância.

Essa é a primeira negociação que a FT Sistemas firma com a Marinha do Brasil, já tendo contratos com o Exército Brasileiro, além de ter desenvolvido tecnologia de navegação e controle para a Aeronáutica. Para o presidente da FT Sistemas, Nei Brasil, essa parceria é de grande importância, pois consolida a presença da companhia nas Forças Armadas do Brasil.

“Nós somos pioneiros nesse segmento e, hoje, praticamente, a única empresa a atender as três Forças. Isso demonstra a seriedade e a capacidade da FT Sistemas para desenvolver aeronaves remotamente controladas. Também nos credencia, fortalecendo nossa atuação nos mercados interno e externo”, afirmou Nei Brasil.

As aeronaves do Sistema FT-100 possuem propulsão elétrica, podendo ser lançadas com a mão. Com envergadura de 2,7 metros, comprimento de 1,9 metros e pesando em torno de oito quilos, essas aeronaves podem ser usadas em missões militares, de governo e também em projetos privados.

O FT-100 já venceu concorrência para ser  exportado para a África. (Imagem: FT Sistemas)
O FT-100 já venceu concorrência para ser exportado para a África. (Imagem: FT Sistemas)

Com essa venda, a FT Sistemas terá aeronaves não tripuladas à disposição das Forças Armadas para atuar nas missões de monitoramento e vigilância. “É um orgulho para nós estar presente em operações tão relevantes para o Brasil. Isso só reforça nossa missão de contribuir para o desenvolvimento e autonomia tecnológica do país”, conclui o presidente da FT Sistemas.

Ivan Plavetz