Marinha do Brasil recebe 5ª aeronave modernizada pela Embraer

0
1003
No dia 6 de setembro, com a entrega da aeronave modernizada AF-1B N-1013 ao Setor Operativo, foi concluída mais uma fase do contrato de modernização dos AF-1B/C.
A aeronave poderá ser empregada em operações de inteligência ao acompanhar alvos de superfície, uma vez que a N-1013 também apresentou evolução no quesito furtividade, por receber pintura que reduz a identificação visual.
Entrega da Aeronave AF-1B N-1013, modernizada pela Embraer.
Destacam-se algumas funcionalidades do radar EL/M 2032, como os modos de operação: ar-ar, ar-mar, ar-solo e navegação, cuja principal tarefa é detectar e rastrear alvos aéreos e de superfície, além de fornecer a distância ar-solo para o subsistema de pontaria de armas.
No modo TWS (Tracking Wire Scan) podem ser localizados e rastreados automaticamente 64 alvos de superfície ou terrestres simultaneamente e no modo SAR (Synthetic Aperture Radar) é possível fazer o mapeamento terrestre em missões de reconhecimento.
Essas capacidades, aliadas as existentes nos radares 997 Artisan do Porta-Helicópteros Multipropósito “Atlântico”, permitirão o cumprimento de missões de interceptação e ataque, na defesa aérea da Força Naval, com maior eficiência.
O aumento da prontidão, da disponibilidade de aeronaves com sistemas modernos e da segurança dos voos resultam do sucesso do contínuo trabalho em parceria desempenhado pela Marinha do Brasil e a Embraer.