Lançamento do projeto Pará de Minas 4.0 e Polo de Defesa e Segurança.

0
1398
Mesa das Autoridades.
  • A parceria entre o poder público, iniciativa privada e sociedade civil organizada resultou no lançamento do projeto que visa o alinhamento das inovações, benefícios e oportunidades da quarta revolução industrial a uma nova vocação econômica para a cidade e a região.

Pará de Minas, 03 de outubro de 2018. – Aconteceu na noite da última quinta (27/09), na Câmara Municipal de Pará de Minas, cidade localizada no centro-oeste mineiro, o lançamento da Carta Compromisso para implantação do Polo de Defesa e Segurança Pará de Minas.

A mesa de autoridades foi presidida pelo anfitrião da noite e chefe da casa legislativa municipal, o vereador Marcus Vinícius Rios Faria e composta pelo chefe do poder executivo municipal, o prefeito Elias Diniz, pelo vice-diretor do Departamento de Promoção Comercial da Secretaria de Produtos de Defesa do Ministério da Defesa, o Capitão de Mar e Guerra Leonardo José Trindade Gusmão representando o Secretário de Produtos de Defesa Vice-Almirante Marcelo Francisco Campos, pelo diretor do Parque de Material Aeronáutico de Lagoa Santa da Força Aérea Brasileira, o Coronel Aviador Edgard Vale Ribeiro representando o Comandante-Geral de Apoio Tenente-Brigadeiro do Ar Paulo João Cury, pelo Comandante da 7ª Região da Polícia Militar, o Coronel Marcelo Augusto Santos representando o comandante geral da Policia Militar de Minas Gerais Coronel Helbert Figueiró de Lourdes, pelo presidente regional da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais Regional Centro-Oeste, Paulo César Costa representando o presidente Flávio Roscoe Nogueira, o diretor geral da Universidade Federal de Viçosa – Campus Florestal, Professor Marco Antônio de Oliveira representando a reitora Nilda de Fátima Ferreira Soares, pelo diretor geral da Faculdade de Pará de Minas e Coordenador do Grupo Mais, Professor Ruperto Benjamin Cabanellas Vega e pelo fundador e vice-presidente do Observatório Social do Brasil Pará de Minas, Carlos Martins Barroca representando na mesa a sociedade civil organizada.

A mesa de convidados de honra foi composta pelos diretores comercial e de desenvolvimento de novos negócios da HOUDING Brasil, Carlos Alberto Molina e Eduardo Augusto Fernandes Fagundes, pelo vice-presidente da CONFRAPAR uma das principais gestoras no Brasil de fundos de investimento para tecnologia e do Fundo AEROTEC para o setor aeroespacial, João Francisco Belo Lisboa, pelo presidente e vice-presidente do Grupo Fortitudine, Rodrigo Campos e Jorge Marcelo de Barros, pelo presidente da FF DIGITAL e vice-presidente de Soluções Educacionais da Sociedade de Usuários de Informática e Telecomunicações de Minas Gerais (SUCESU-MG), Lúcio de Andrade Fonseca, pelo assessor especial da presidência do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (CREA-MG), engenheiro Maurício Fernandes da Costa representando o presidente do CREA-MG engenheiro Lúcio Borges, o presidente da Associação de Engenheiros e Arquitetos de Pará de Minas (AEAPAM), Engenheiro Ildes Pacheco, o representante da FIEMG Centro-Oeste, Ralph Luiz Perrupato, o presidente da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços de Divinópolis (ACID) e vice-presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado de Minas Gerais (FEDERAMINAS), Leonardo Gabriel, pelo presidente do Conselho de Administração da Cooperativa de Crédito de Livre Admissão de Pará de Minas (SICOOB ASCICRED), Osmano Diniz França, do Clube de Diretores Lojistas de Pará de Minas (CDL-Pará de Minas), Nilton Ferreira de Oliveira, o presidente da Associação Empresarial de Pará de Minas (ASCIPAM), José Misael de Almeida e do diretor do Polo Centro-Oeste da UniCesumar, João Bosco Silva e pelo Tenente-Coronel Paulo José Azevedo, Comandante da 19ª Companhia de Policia Militar Independente.

Durante a abertura do evento, foi exibido o vídeo do Tenente-Brigadeiro do Ar Paulo João Cury, Comandante-geral do Comando Geral de Apoio (COMGAP) da Força Aérea Brasileira, no qual o oficial-general comentou a iniciativa de implantação do Polo de Defesa e Segurança Pará de Minas, destacando as características e a importância de uma Base Industrial de Defesa para o fortalecimento da soberania nacional. “Um país que pretende ser forte na área de defesa não pode prescindir de ter uma Base Industrial de Defesa forte!”, conclui o oficial-general quatro estrelas.

 

O vice-diretor do Departamento de Promoção Comercial da Secretaria de Produtos de Defesa (DEPCOM), o Capitão de Mar e Guerra Leonardo José Trindade Gusmão, apresentou uma análise do mercado nacional e internacional de defesa e segurança, destacando a missão, instrumentos, ações de fomento e o apoio do Ministério da Defesa e, especificamente, da Secretaria de Produtos de Defesa, em prol da Base Industrial de Defesa nacional. “Percebo com satisfação iniciativas como a do Polo de Defesa e Segurança Pará de Minas. Tenho certeza que ações como esta, gerarão capacitação tecnológica e empregos para a região e, por conseguinte, ajudarão o desenvolvimento do Brasil”, afirmou o Comandante Gusmão.

O diretor do Parque de Material Aeronáutico de Lagoa Santa (PAMA LS) da Força Aérea Brasileira, o Coronel Aviador Edgard Vale Ribeiro, ressaltou que a Força Aérea Brasileira vê com bons olhos iniciativas que partem da comunidade. “Esse projeto tem o sentido de promover o desenvolvimento sustentado e trazer produtos agregados de valor com tecnologia. Coordeno a organização militar responsável pela manutenção das aeronaves EMB-312, o icônico T-27 (Tucano), uma parceria entre a Força Aérea Brasileira e a EMBRAER e celebro com imensa satisfação esse mês seus 35 anos de ingresso na frota na FAB. Também por isso, destaco a importância da concepção dual (possibilidade de aplicação civil e militar) para as soluções que vierem a ser desenvolvidas no novo Polo”, comentou o diretor do PAMA LS.

O comandante da 7ª Região da Polícia Militar de Minas Gerais, Coronel Marcelo Augusto Santos, abordou características e especificidades do segmento da segurança em relação ao de defesa. Discorreu sobre projetos da Polícia Militar de Minas Gerais, em andamento, desenvolvidos pela Diretoria de Apoio Logístico citando como exemplos a fabricação de coletes balísticos e testes de um novo veículo blindado. Destacou que, a PMMG é uma referência de excelência para políticas militares em todo o país e que existem demandas que podem ser atendidas por meio de parcerias. O Comandante se comprometeu em levar ao conhecimento dos seus pares do Alto Comando da Polícia Militar de Minas Gerais, as possibilidades vislumbradas a partir da implantação do Polo de Defesa e Segurança Pará de Minas.

O diretor geral da Faculdade de Pará de Minas e Coordenador do Grupo Mais, Professor Ruperto Benjamin Cabanellas Vega, apresentou o Grupo Mais, iniciativa que congrega 27 entidades atuantes em Pará de Minas cuja finalidade consiste na ampla e profunda discussão sobre assuntos de interesse da sociedade que se propõe atuar em questões que, por isso, dizem respeito à construção de um futuro sustentável.

 

O professor Ruperto destacou que o Grupo é apartidário e que não serve aos interesses de nenhum grupo político local ou externo, algo que preserva para manter sua independência e credibilidade. Entretanto, disse que isso não quer dizer que não possa atuar em questões que envolvam a política, diz apenas da sua autonomia para atuar nessas questões.

Ruperto observou ainda que a implantação do Polo de Defesa e Segurança Pará de Minas e que o projeto Pará de Minas 4.0 se tornou agora viável por iniciativa do Grupo realizada em 2009 na qual já se pretendia implantar no município um Parque Tecnológico (PARTEC).

O presidente da FF DIGITAL e vice-presidente de Soluções Educacionais da SUCESU-MG, professor, consultor e palestrante internacional, Lúcio de Andrade Fonseca, apresentou aos presentes os desafios e oportunidades oferecidas pela quarta revolução industrial, um dos pilares de sustentação do projeto Pará de Minas 4.0.

Segundo Lúcio Fonseca, atividades padronizadas, repetitivas ou de menor valor intelectual agregado serão desempenhadas, cada vez mais, por robôs e sistemas de Inteligência Artificial, trazendo a ameaça de elevado grau de desemprego tecnológico.

Por outro lado, surgirão incontáveis oportunidades de trabalho em áreas que sequer existem hoje: desenvolvedor de sistemas inteligentes para a agricultura, guia de turismo espacial, reconstrutor de ecossistemas, minerador espacial e agricultor urbano são apenas algumas das incontáveis possibilidades. Mas o fato comum é que todas exigirão competências muito diferentes e muito mais sofisticadas do que as que são propiciadas pelo sistema educacional vigente.

Para desenvolver estas Competências para o Futuro – Cognitivas, Interpessoais e Intrapessoais, o sistema deverá passar por uma profunda transformação, apostando nas metodologias ativas e no protagonismo do aluno na busca da solução de problemas e desenvolvimento de projetos multidisciplinares.

O presidente do Grupo Fortitudine, Rodrigo Campos, apresentou dados que justificam a implantação do Polo de Defesa e Segurança Pará de Minas, caracterizando a iniciativa como sendo importante para o desenvolvimento do centro-oeste mineiro e para o Estado de Minas Gerais como um todo.

De acordo com Campos, a população do centro-oeste de minas supera 1,5 milhão de habitantes, sendo a 3ª região que mais emprega, a 4ª em números de estabelecimentos industriais e representa 6,1% da geração de PIB do estado, além da disponibilidade de consistente infraestrutura técnica científica através de escolas técnicas e de ensino superior. Informou que o centro-oeste detém 72% das indústrias mineiras do setor de fundição e 25% da produção estadual. Estas empresas produzem peças fundidas para os segmentos agrícola, automotivo, mineração, construção civil, decoração, móveis, petroquímico, naval, energia, saneamento, siderurgia e máquinas e equipamentos em geral. “Esse não é um projeto de uma cidade, mas sim de desenvolvimento de uma região a partir da parceria, reconhecimento de vocações, convergência de ações e da complementação de competências. O futuro está próximo, ao alcance e acessível à Pará de Minas” finalizou o empresário Rodrigo Campos.

A menos de 120 km, em Santo Antônio do Monte, encontramos o segundo Polo Produtor de Pirotécnicos do mundo, além do melhor centro tecnológico em pirotecnia da América Latina.

A menos de 30 km, em Itaúna, está um Polo de Fundição com um dos melhores centros de formação de Minas Gerais e do Brasil. A menos de 70 km, em Betim, existe o primeiro Porto Seco Industrial do país com acesso aos principais portos e aeroportos da Região Sudeste.

O grande destaque da FIDAE 2018, o Embraer Defesa & Segurança KC390.

A maior produção de nióbio, fundamental para a produção de ligas de alta resistência usados, sobretudo, na engenharia aeroespacial, está em Araxá, a 288 km de distância. Minas é fomentadora de tecnologia aeronáutica. Tem a primeira unidade de Engenharia da EMBRAER fora de São José dos Campos (SP).

A maior aeronave desenvolvida pela EMBRAER, o cargueiro militar KC-390, leva a marca do trabalho de engenheiros que a empresa emprega em Belo Horizonte.

Com o mote “Porque não Pará de Minas?” provocou reflexões e demonstrou a convergente e consistente estrutura de apoio existente ao projeto convidando a todas as autoridades, convidados e pessoas presentes ao engajamento: O prefeito Elias Diniz, apresentou o projeto Cidade Digital que está sendo viabilizado através de um Termo de Colaboração assinado com o Ministério de Ciência, Tecnologia Inovações e Comunicações e da parceria com a Câmara Municipal e a Sociedade Civil Organizada de Pará de Minas.

O prefeito destacou a importância do projeto Cidade Digital no contexto da quarta revolução industrial, suas possibilidades, potencialidades e desafios. Elias ressaltou ainda ações já realizadas por sua gestão que são convergentes com a implantação do Polo de Defesa e Segurança Pará de Minas como a criação de um novo distrito industrial destinado a pequenas e médias empresas, a reabertura de uma empresa de siderurgia em parceria com a iniciativa privada, a criação de um grande condomínio industrial às margens da BR-262, entre outras ações estruturantes.

O prefeito também disse da importância da parceria entre os diferentes atores desse processo e o alinhamento de interesses ressaltando o compromisso com o futuro da cidade. O evento teve ainda o lançamento da campanha “O PROFESSOR É A PESSOA MAIS IMPORTANTE DESTE PAÍS” anunciada pelo vice-presidente do Observatório Social do Brasil Pará de Minas, Carlos Martins Barroca, que se alinha com a visão de que tanto o Polo de Defesa e Segurança, quanto a quarta revolução industrial, em comum tem a necessidade da formação de novas competências que coloca a educação e o professor como protagonistas do processo.

O presidente da Câmara, vereador Marcus Vinícius destacou a importância do mote “Porque não Pará de Minas?”. “Podemos e devemos investir no futuro, mas sem tirar os pés do chão e desenvolver todas essas etapas passo a passo, vivendo um dia de cada vez, para que esse projeto se torne cada vez mais sólido e promissor para nossos cidadãos”, pontuou o parlamentar.

O presidente da Associação de Engenheiros e Arquitetos de Pará de Minas (AEAPAM), o Engenheiro Ildes Pacheco, fez a leitura da Carta Compromisso para Apoio a Implantação do Polo de Defesa e Segurança Pará de Minas, em seguida foi assinada por todos os integrantes da mesa de autoridades e da mesa de convidados de honra.

A Carta tem importância simbólica e é o marco desse projeto.

O GRUPO MAIS

ENTIDADES PARTICIPANTES DO GRUPO MAIS

ASSOCIAÇÃO CIDADÃOS POSITHIVOS SEMPRE VIVA , AMA PANGÉIA AMIGOS DO MEIO AMBIENTE, ANJOS DO ASFALTO, ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA DO BANCO DO BRASIL – AABB, ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DE PARÁ DE MINAS – ASCIPAM, ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS – APAE, ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS E ARQUITETOS DE PARÁ DE MINAS – AEAPAM, ASSOCIAÇÃO PARAMINENSE DE CICLISTAS – ACICLIS, CÂMARA DOS DIRIGENTES LOJISTAS DE PARÁ DE MINAS – CDL, CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA – CREA/MG, FACULDADE DE PARÁ DE MINAS – FAPAM, FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DE MINAS GERAIS – FIEMG, IRMANDADE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO – INSC, LOJA MAÇÔNICA DEFENSORES DA ORDEM, LOJA MAÇÔNICA VIGILANTES DO PARÁ, LOJA MAÇÔNICA TOLERÂNCIA E FÉ, OBSERVATÓRIO SOCIAL DO BRASIL, ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL – OAB/MG, POLÍCIA CIVIL DE MINAS GERAIS – PCMG, POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS – PMMG, ROTARY CLUB BARIRI, ROTARY CLUB PARÁ DE MINAS, SICOOB ASCICRED, SINDICATO DOS CONTADORES DE PARÁ DE MINAS, SINDICATO DOS METALÚRGICOS DE PARÁ DE MINAS E UNIMED CENTRO OESTE.

Projeto Pará de Minas 4.0:

Página do Projeto no Facebook: https://www.facebook.com/parademinas40

Site do Projeto: http://parademinas40.com.br

Dados sobre Pará de Minas: IBGE Cidades: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/mg/para-de-minas/panorama

Museu Histórico de Pará de Minas: http://www.muspam.com.br

Prefeitura de Pará de Minas: http://parademinas.mg.gov.br

Referências: Agenda brasileira para a indústria 4.0: http://www.industria40.gov.br

Política Nacional de Defesa (PDN): https://www.defesa.gov.br/arquivos/estado_e_defesa/END-PND_Optimized.pdf