LAAD 2015: Iveco apresenta seu portfólio

0
3170

RVC_1824

A participação da Iveco Veículos de Defesa na LAAD 2015 representa a consolidação da unidade de negócios no Brasil e a importância da marca no cenário internacional. No estande da fabricante, está exposto o VBTP-MR Guarani, projeto desenvolvido em parceria com o Exército Brasileiro, cuja produção já atingiu a marca de 190 unidades desde que a fábrica foi inaugurada, em junho de 2013, em Sete Lagoas (MG). Também está sendo apresentado ao público o LMV, um veículo leve multifuncional usado em missões de paz em vários países da Europa e Ásia, com mais de cinco mil unidades comercializadas.

A unidade de Veículos de Defesa instalada na cidade mineira é a primeira da Iveco fora do continente europeu. A fábrica é responsável pela produção do blindado Guarani, que, gradativamente, vem substituindo os modelos Urutu e Cascavel, em operação há mais de 40 anos nas Forças Armadas. A criação da unidade representou a criação de 350 empregos diretos e 1.400 indiretos, além da ativação de uma vasta cadeia de fornecedores nacionais para fabricar o novo veículo.

Para produzir cada blindado, são necessárias cerca de 3.200 horas de trabalho. Com capacidade para transportar até onze pessoas, o Guarani pesa 18 toneladas, possui tração 6X6, pode chegar a 110 Km por hora e tem função anfíbia. Além de ar-condicionado, apresenta uma série de inovações tecnológicas, como sistema automático de detecção e extinção de incêndio e baixa assinatura térmica (o que dificulta sua localização pelo inimigo), entre outros. As unidades entregues ao Exército Brasileiro são usadas em missões de pacificação, como ocorreu no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, durante a Copa do Mundo, e também em operações de combate ao crime organizado nas regiões fronteiriças do país. A plataforma do blindado poderá ser usada como base para o desenvolvimento e a produção de uma família de blindados em diferentes versões, entre as quais viaturas de reconhecimento, socorro, posto de comando, porta-morteiro e ambulância.

Veículo tático para missões especiais com alto nível de proteção (balística e antiminas), o LMV tem agilidade comprovada em diversos tipos de terrenos e grande autonomia. O veículo já foi adotado por vários países que fazem parte da Otan, entre eles Itália, Espanha, Bélgica, Áustria, Inglaterra e Noruega. Atualmente, o LMV está sendo usado em operações no Afeganistão, Líbano, Kosovo e Chad.

Além da Iveco, outra marca da CNH Industrial tem tradição no fornecimento de equipamentos ao Exército. A New Holland Construction,  que tem fábrica em Contagem (MG),  é fornecedora de equipamentos de construção para o Exército Brasileiro desde quando ainda era Fiatallis. A partir de 2005, mais de 120 unidades entre escavadeiras, motoniveladoras, retroescavadeiras, pá carregadeiras e tratores de esteiras já foram entregues  às Forças Armadas. Na LAAD 2015, está sendo exibido um trator de esteiras, modelo D150 camuflado.

Roberto Caiafa