Jungmann faz na Fiesp balanço do Ministério da Segurança

0
922
Segundo o ministro, em conjunto as áreas de defesa e segurança geram mais de 80.000 empregos e são responsáveis por 3% do PIB.
  • Ministro participa de reunião com empresários e anuncia compra de equipamentos e abertura de linhas de financiamento
Em visita nesta quinta-feira (25 de outubro) à Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, anunciou durante entrevista coletiva o encerramento, no mesmo dia, de licitação para o financiamento de cerca de 8.000 veículos, no valor de R$ 800 milhões, que serão destinados à área de segurança.

Outro processo licitatório será para 120.000 coletes à prova de balas.

O presidente da Fiesp e do Ciesp, Paulo Skaf, explicou antes da entrevista que o ministro faria um balanço de sua atuação à frente da pasta para empresários dos setores de defesa e segurança.

Há na base da Fiesp indústrias de ambos os setores, e a entidade promove fóruns de discussão sobre eles.

Jungmann também relatou que agendou para a semana seguinte reunião com o presidente do BNDES para discutir programa para segurança e defesa.

Pela primeira vez o BNDES financia o setor, segundo Jungmann.

A tecnologia nele desenvolvida (setor de Defesa) se espalha para outras áreas da economia, explicou.

Segundo o ministro, em conjunto as áreas de defesa e segurança geram mais de 80.000 empregos e são responsáveis por 3% do PIB.