Israel e o fortalecimento das Forças Armadas de Honduras

0
2726

Um acordo assinado recentemente pelo presidente de Honduras, Juan Orlando Hernández, e pelo primeiro ministro de Israel, Benjamín Netanyahu, tem por objetivo fortalecer as Forças Armadas de Honduras no decorrer de 2017.

De acordo com a imprensa local, o acordo com Israel, que deve receber investimentos da ordem de US$ 200 milhões, permitirá a Honduras equilibrar suas forças frente seus vizinhos centro-americanos que nos últimos anos vem adquirindo armamentos modernos.

Há que se considerar também a necessidade de combater o tráfico de drogas naquela região, atividade que se intensificou principalmente via marítima, e que se constitui num dos principais focos de preocupação das autoridades locais.

(Imagem: Marinha do Chile)

No escopo do acordo está incluída a revitalização e modernização de aeronaves Northrop  F-5E, Embraer T-27 Tucano e Cessna A-37 Dragonfly da Força Aérea de Honduras (FAH).

Consta em recente database que a FAH tem em seu inventário 10 F-5E/F, 10 A-37 e nove T-27, mas não há informações da quantidade de aeronaves ativas e se todas passarão pelo processo.

Em termos de armamentos e comunicações, a renovação deverá incluir modernos fuzis como o Galil-ACE e o Tavor X95, bem como sistemas de comunicações modernos e até radares.

(Imagem: IWI US INC.)

Por outro lado, Honduras planeja comprar também um navio patrulheiro da classe Offshore Patrol Vessel (OPV) com capacidade de transportar helicópteros e um navio de desembarque anfíbio, sendo que o estaleiro colombiano COTECMAR está sendo citado como o provável fornecedor.

 

Ivan Plavetz
Fonte: La Tribuna e La Prensa