Inaugurada em Salvador a Praça do Expedicionário

0
2586
A Praça do Expedicionário, localizada no bairro de Amaralina, foi inaugurada pelo general-de-divisão Joarez Alves Pereira Junior, Comandante da 6ª Região Militar (6ª RM), em conjunto com a Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira, regional Bahia. (ANVFEB/BA).

No último sete de dezembro, mesmo dia que os Estados Unidos da América entraram na 2ª Guerra Mundial*, foi inaugurado em Salvador (BA), em cerimônia cívico-militar, o Monumento da Força Expedicionária Brasileira (FEB), homenagem aos soldados brasileiros que lutaram na Itália durante a 2ª Guerra Mundial.

O comandante da 6ª RM, general Juarez, ladeado pelos veteranos da Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira, regional Bahia. (ANVFEB/BA).

A Praça do Expedicionário, localizada no bairro de Amaralina, foi inaugurada pelo general-de-divisão Joarez Alves Pereira Junior, Comandante da 6ª Região Militar (6ª RM), em conjunto com a Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira, regional Bahia. (ANVFEB/BA),

O monumento enaltece o legado da FEB e de seus heróis, mantendo viva a lembrança dos sobreviventes e daqueles que não voltaram. O evento contou com a presença de alguns ex-combatentes veteranos da 2ª Guerra, familiares e entusiastas de história militar.

O monumento é dividido em três partes, colocadas lado a lado, sendo que a parte central exibe busto do Marechal Mascarenhas de Morais, Comandante da FEB, e as laterais ilustram o resumo estatístico da Campanha da FEB na Itália, com a quantidade de Pracinhas que cada Estado enviou para aquele Teatro de Operações (a Bahia contribuiu com 686 militares), e o refrão da Canção do Expedicionário.

*A data escolhida para a inauguração coincidiu com os 76 anos do ataque japonês ao complexo militar aeronaval dos Estados Unidos em Pearl Harbor, Havaí.