Helicópteros da Helibras/Airbus completam 150 mil horas de voo na FAB

0
1563

A Força Aérea Brasileira (FAB) registrou em novembro 150 mil horas voadas com helicópteros fabricados pela Helibras/Airbus Helicopters desde a implantação das primeiras aeronaves da marca em suas unidades.

A frota atual de 33 helicópteros da marca é composta pelos modelos H225M (H-36 Caracal na FAB), os mais recentes entregues, que são operados pelo 1º/8º GAv (Esquadrão Falcão) em Belém (PA), pelo 3º/8º GAv (Esquadrão Puma) no Rio de Janeiro (RJ) e Grupo de Transporte Especial (GTE) em Brasília (DF); pelos AS332 Super Puma (H-34) operados pelo GTE em missões de transporte de autoridades; o biturbina leve EC135 (VH-35), operado pelo GTE; e os monoturbina AS350 Esquilo (H-50) operados pelo 1º/11º GAv (Esquadrão Gavião) de Natal na tarefa de treinamento de todos os pilotos de asas rotativas da FAB.

H-34 Super Puma (Imagem Agência Força Aérea/Sgto Batista)
H-34 Super Puma (Imagem: Agência Força Aérea/Sgto Batista)
H-50 Esquilo (Imagem Força Aérea Brasileira/Cb Feitosa)
H-50 Esquilo (Imagem: Força Aérea Brasileira/Cb Feitosa)

Essa frota de helicópteros começou a voar na FAB a partir de 1986, sendo os Super Puma e os Esquilos os primeiros a entrarem em operação.

VH-35 do GTE (Imagem Agência Força Aérea/Ivan Plavetz)
VH-35 do GTE (Imagem: Ivan Plavetz)

Entre os recordistas de horas em missão, um AS332 VIP acumulou mais de 5.475 horas voadas. Já um dos primeiros H225M entregues e em atividade no 3º/8º GAv já alcançou 1.880 horas de voo.

De acordo com a fabricante, essa marca demonstra a confiabilidade do produto e a sua capacidade multimissão.

 

Ivan Plavetz