Helibras entrega Esquilo modernizado para Gendarmeria Argentina

0
1157

A Helibras entregou um helicóptero Esquilo AS350 B2, que passou por um processo de modernização na fábrica da empresa, para a Gendarmeria Nacional Argentina.

O negócio faz parte da iniciativa de buscar novos mercados diante da retração da economia no Brasil, que também busca o fornecimento de aeronaves Esquilo para o mercado internacional. O primeiro desses helicópteros será um novo AS350 B2 fabricado em Itajubá (MG) para um cliente do Equador, e que deverá sair da linha de produção da empresa em breve.

No caso do Esquilo modernizado para a Gendarmeria Nacional Argentina, a aeronave foi fabricada e entregue pela Helibras em 1989 para cumprir missões de segurança interna e defesa nacional, incluindo dissuasão e respostas à ameaças, crises, contingências e incidentes de segurança.

O AS350 da corporação recebeu upgrade para a versão B2, que representa a instalação de um novo motor Arriel 1D1, novas pás do rotor principal e traseiro, além da modernização de aviônicos e indicadores. Para o operador, o upgrade é um processo bastante vantajoso especialmente em grandes frotas por oferecer maior capacidade e vida útil para a aeronave por um valor menor do que o de um helicóptero novo.

“Como a Gendarmeria opera 11 aeronaves da nossa marca, sendo seis Esquilos, temos a expectativa de estender esse serviço para o restante da frota e estamos prontos para apoiar essas modernizações”, disse Dominique Andreani, vice-presidente de Negócios e Serviços da Helibras.

De acordo com a Helibras, com o aumento da potência do motor de 641 shp para 732 shp, o novo Esquilo B2 da Gendarmeria Nacional da Argentina ganhou maior peso máximo de decolagem (passando de 1.950 Kg para 2.250 Kg), melhor velocidade de cruzeiro e maior desempenho operacional para trabalhos aéreos. A equipe da oficina da Helibras também realizou a Inspeção C e a pintura geral do helicóptero.

“Para a prestação de serviços a clientes da América Latina, a empresa trabalha em estreita colaboração com as demais subsidiárias da região (Airbus Helicopters Chile, Cono Sur e México) dentro da política do grupo de oferecer o melhor serviço aos clientes. E nosso interesse envolve não apenas modernizações e manutenção, mas também fornecimento de helicópteros produzidos em nossa fábrica”, completou Andreani.

 

Ivan Plavetz