H225M: Helibras e a integração de mísseis Exocet

0
2440
Imagem 1 H-225M-Exocet
(Imagem: Airbus Helicopters)

A Helibras concluiu nesta semana a primeira etapa de testes de integração dos mísseis ar-superfície Exocet AM39. O sistema de missão naval foi desenvolvido especialmente para a versão operacional do helicóptero H225M da Marinha do Brasil. Durante três semanas de atividades em laboratório, a equipe da empresa realizou diversos disparos simulados do míssil.

A fase de ensaios foi realizada para a validação da conexão entre o Sistema de Missão Naval (SMN) e os lançadores do míssil para testar, ao mesmo tempo, diferentes modos de operação, verificar a lógica de comando e checar a instrumentação que será empregada nos ensaios em voo.

No início de 2016, as análises em bancada serão retomadas para que os mísseis possam ser testados na aeronave protótipo em voo no Brasil. As atividades estão sendo coordenadas pelas equipes do Centro de Engenharia da Helibras junto aos profissionais da Airbus Helicopters, MBDA (fabricante do Exocet AM39), Atech e Airbus Defence & Space.

Imagem 2 H-225M-Exocet
A Airbus Helicopters já realizou testes cativos na Europa com o H225M portando mísseis Exocet. (Imagem: Airbus Helicopters)

“Essa é mais uma etapa planejada em nosso cronograma de trabalho e mostra o compromisso da Helibras com o programa H-XBR, além do propósito de capacitação cada vez maior de seus profissionais e de sua fábrica no Brasil”, comentou Richard Marelli, vice-presidente de operações da Helibras.

O sucesso na integração dos sistemas demonstra também a maturidade do desenvolvimento do Sistema de Missão Naval do H225M para a Marinha do Brasil, que emerge como uma configuração completamente nova, projetada no País pela Helibras em conjunto com Marinha do Brasil, Airbus Helicopters e outras empresas parceiras.

Ivan Plavetz