Grã Bretanha revela projeto de 6ª geração (por £ 2 bilhões), o novo “Tempest”.

0
4607

O secretário de Defesa da Grã-Bretanha, Sir Gavin Williamson, durante apresentação realizada no Farnborough Airshow 2018, revelou a existência de um novo jato de combate (projeto) para a Royal Air Force (RAF), descrevendo o investimento como essencial para o “futuro da Grã-Bretanha”.

Williamson anunciou que a Grã-Bretanha investirá cerca de £ 2 bilhões no desenvolvimento do novo jato, chamado de Tempest (uma homenagem ao avião de combate com mesmo nome utilizado durante a 2ª Guerra Mundial (1939-45).

Assista (em inglês) a íntegra da entrevista concedida pelo secretário de Defesa ao One News Page:

“Isso é um compromisso com o futuro. Nós (Governo Britânico) não temos que planejar para o próximo ano, mas pensando em 10, 20, 30 anos no futuro. Cerca de 18 mil postos de trabalho existentes na indústria de jatos de combate da Grã-Bretanha, que produziram, entre outros, o Typhoon, terão um papel importante na execução desse programa, sua relevância para a economia nos próximos anos é significativa, mas entendemos que o mais importante é assegurar que a RAF (Royal Air Force) tenha as capacidades que precisar, essa é a razão desse investimento. Isso não é apenas uma questão de Defesa, mas um investimento em empregos e alta tecnologia”.

Segundo o secretário de Defesa britânico “Cerca de 18 mil postos de trabalho existentes na indústria de jatos de combate da Grã-Bretanha, que produziram, entre outros, o Typhoon, atuarão na execução desse programa, sua relevância para a economia nos próximos anos é significativa”.
F-35, Typhoon and the new Tempest, this image is from the official Combat Air Power Strategy document and shows how the new British jet is likely to look. #Tempest (UK Defence Journal @UKDefJournal)

O novo jato de sexta geração deverá possuir, entre outras habilidades, a capacidade de voar sem tripulação de forma autônoma em missões de combate.

Tal afirmativa denota que a capacidade NCW (network centric warfare) será decisiva para Forças Armadas que almejam vencer as guerras do presente e futuro.

Obs do autor: O anúncio de um caça de 6ª geração demonstra a seriedade do Governo Britânico no trato do assunto Defesa, oferecendo perspectivas a uma força de 18 mil postos de trabalho altamente qualificada. Interessante observar que o F-35 JSF, dessa forma, não supre todas as necessidades britânicas para as próximas décadas e um novo programa se faz necessário. 

Imagens: P.Nicholls/Reuters/BBC News/One News Page