General Santos Cruz afirma: ataque foi um atentado a democracia brasileira.

0
76073
DRC Kinshasa 04/06/13.MONUSCO Force Commander. Lt.Gen Carlos Alberto Dos Santos Cruz. Photo MONUSCO/ Myriam Asmani

O General Santos Cruz fez dura declaração contra a corrupção endêmica no Governo Federal, declarou-se amigo pessoal do candidato a presidência Jair Bolsonaro e pediu o apoio de todos os brasileiros para a sua pronta recuperação.

Santos Cruz também afirma no vídeo que o ataque foi orquestrado, de caráter ideológico e constitui-se em um atentado explícito contra a democracia brasileira.

O General até bem recentemente atuou no cargo de Secretário Nacional de Segurança Pública, no Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Quem é o militar?

General de Divisão R/1 Carlos Alberto dos Santos Cruz, do Exército Brasileiro, chefiou as forças militares na Missão das Nações Unidas para a Estabilização na República Democrática do Congo (MONUSCO – 2013 a 2015) e na Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH).