Fuerza Aerea de Peru recoloca em serviço seus Sukhoi SU-25.

0
3058
A Fuerza Aerea do Peru (FAP) administra um programa para a recuperação e modernização de até dez exemplares do Su-25 ainda existentes em sua frota.

O Serviço de Manutenção da Força Aérea do Peru (SEMAN FAP) está contratando a manutenção de mais seis aeronaves Sukhoi Su-25 de apoio aéreo próximo/ataque ao solo.

Esses aviões estão baseados na Base Aérea El Pato, em Talara.

Das 18 unidades restantes do tipo na FAP, 10 estão sendo modernizadas.

O programa de manutenção do Su-25, em seu início superou várias desvantagens e óbices conjunturais, entre as quais a lentidão para alocar recursos orçamentários, não atribuíveis a FAP, e diferenças de critério em relação às proporções de trabalho a ser realizado por cada uma das entidades participantes.

A situação chegou a tal ponto de desgaste, que em algum momento, a possibilidade de
completar o programa em conjunto com empresas da Bielo-Russia chegou a ser cogitada.

Jatos de ataque SU-25 da FAP durante uma sessão de fotos ar-ar antiga. Pode-se observar que os MIG-29 tanmbém usavam o esquema de camuflagem/pintura anterior. Imagem: Peru Spotters.
Jatos de ataque SU-25 da FAP durante uma sessão de fotos ar-ar antiga. Pode-se observar que os MIG-29 tanmbém usavam o esquema de camuflagem/pintura anterior. Imagem: Peru Spotters.
Jatos de ataque SU-25 da FAP durante uma sessão de fotos ar-ar antiga. Pode-se observar que os MIG-29 tanmbém usavam o esquema de camuflagem/pintura anterior. Imagem: Peru Spotters.
Jatos de ataque SU-25 da FAP durante uma sessão de fotos ar-ar antiga. Pode-se observar que os MIG-29 tanmbém usavam o esquema de camuflagem/pintura anterior. Imagem: Peru Spotters.
Jatos de ataque SU-25 da FAP durante uma sessão de fotos ar-ar antiga. Pode-se observar que os MIG-29 tanmbém usavam o esquema de camuflagem/pintura anterior. Imagem: Peru Spotters.
Jatos de ataque SU-25 da FAP durante uma sessão de fotos ar-ar antiga. Pode-se observar que os MIG-29 tanmbém usavam o esquema de camuflagem/pintura anterior. Imagem: Peru Spotters.
Jatos de ataque SU-25 da FAP durante uma sessão de fotos ar-ar antiga. Pode-se observar que os MIG-29 tanmbém usavam o esquema de camuflagem/pintura anterior. Imagem: Peru Spotters.

O fato é que os peruanos lograram superar as diferenças com os russos da RAC MIG e conseguiram receber os componentes que foram contratados na Rússia, em virtude de um acordo assinado coma Rosoboronexport.

O programa continua seu curso (o primeiro exemplar modernizado foi entregue em setembro de 2018) e agora a Seman Peru está contratando a manutenção de outros seis Su-25.

Para a grande manutenção do Su-25, aeronave muito robusta, um atributo específico para a missão de apoio próximo em solo na qual é utilizado, os trabalhos são divididos em duas etapas.

Um dos biplace SU-25 da FAP já entregue modernizado, numeral “087” – Imagem: Peru Spotters. (O missil é o AA-8 Aphid)

A primeira corresponde à inspeção da célula da aeronave e o reparo estrutural da mesma, corrigindo qualquer discrepância encontrada.

No segundo estágio, os conjuntos principais e acessórios que foram reparados são montados e instalados ju, ocorrendo qualquer ajuste do sistema de armas necessário, testes funcionais no solo e vôos de teste para check de envelope de voo, sistemas e disparo de armamento.

Os aviões estão sendo entregues com um novo esquema de pintura (camuflagem) em dois tons de cinza azulado de baixa visibilidade

Dois monoplaces SU-25 nas novas cores. – Imagem: Peru Spotters.
Imagem: Peru Spotters.